Páginas

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

ELEITOR PODE VOTAR SEM TÍTULO

AGORA PODE
O STF (Supremo Tribunal Federal) derrubou a lei que impedia o eleitor de votar sem o título eleitoral. Portanto, quem estiver sem o título PODERÁ votar, desde que saiba em que secção eleitoral está inscrito.

FICHA SUJA
Os votos obtidos por candidatos “ficha suja” nas eleições de amanhã serão considerados nulos e não serão contabilizados para efeito de voto proporcional. A indefinição jurídica se deve à marcha lenta engatada pelo STF para dirimir questões importantes. Como os ministros do STF não decidiram se a “ficha limpa” vale para essas eleições, a decisão ficou para depois das eleições.

ENQUANTO ISSO...
Os eleitores ficarão sem saber se o candidato em que votou se elegeu ou não para a Assembléia Legislativa ou a Câmara Federal. A anulação dos votos dos “ficha suja” implica na mudança do quociente eleitoral de cada partido.

NOMES IMPORTANTES
Alguns nomes importantes da política paulista estão entre os “ficha suja”. Entre eles Paulo Maluf (PP), Paulo Pereira (PDT), José Genoino (PT), João Paulo Cunha (PT) e Valdemar Costa Neto (PR), todos candidatos a deputado federal e que costumam ser votados em Taubaté.

SÓ UM
O Vale do Paraíba tem só um candidato “ficha suja”. O ex-prefeito de Cachoeira Paulista e Lorena, Aloísio Vieira (PSC), é candidato a reeleição para a Assembléia Legislativa de São Paulo.

FICHAS LIMPAS
Os candidatos de Taubaté, tanto para a Assembléia Legislativa com o para a Câmara Federal, podem disputar as eleições tranqüilos. Seus nomes não constam das famigeradas listas de candidatos indesejados.

DEPUTADO ESTADUAL
Concorrem a deputado estadual 6 candidatos: Padre Afonso (PV), Vera Saba (PT), Jefferson Cabral (PSB), José Bernardo Ortiz Junior (PSDB), Beto Coelho (PT) e Lu Prado (PT do B).

DEPUTADO FEDERAL
Taubaté tem 8 candidatos a deputado federal: Henrique Nunes (PV), Graça (PSB), Pollyana Gama (PPS), Fernando Borges (PSOL), Tenente Orlando (PSC), Sinival (PMDB) e outros dois que não encontrei na internet nem vi propaganda nas ruas, portanto, ignoro o partido dos mesmos: tenente-coronel Júlio e Teófilo Correa. Será que são candidatos mesmo?

VOTAÇÃOP RECORDE
Faço questão de registrar antes das eleições. Tiririca, candidato a deputado federal pelo PL, deve se eleger com cerca de 1 milhão de votos. Com ele, pelo voto proporcional, entrarão outros três ou quatro deputados inexpressivos, que não se elegeriam vereador em Taubaté. Infelizmente, é a realidade.

ZONA AZUL (1)
O vereador Mário Ortiz (DEM) critica o acesso dos munícipes à área da zona azul, cuja vaga pode ser comprada por telefone. Só que o tal telefone ETA sempre ocupado e ninguém consegue comprar nada.

ZONA AZUL (2)
Um leitor envia notícia informando que a empresa que administra a zona azul de São Carlos foi condenada a pagar indenização de R$ 18,5 mil ao motorista Irineu Camargo de Souza, de Itirapina/SP, que teve seu carro furtado na zona azul daquela cidade. A decisão é da 1ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de São Paulo.

ZONA AZUL (3)
Já há, portanto, jurisprudência a respeito. Se você deixar seu carro estacionado na zona azul de Taubaté, a empresa que a controla pode ser responsabilizada civilmente caso ocorra alguma coisa com seu veículo.

ZONA AZUL (4)
O leitor observa que é um absurdo pagar para estacionar o veículo em área pública. E finaliza: “quando eu era jovem, zona era outra coisa”.

MAIS LOMBADA
A vereadora Graça (PSB) solicita à Prefeitura a colocação de redutores de velocidade, leia-se lombada, na avenida José Bonifácio Moreira, no Jardim Bela Vista. Pede também iluminação para a travessa da rua Antônio Carlos Alvarenga, na Cidade de Deus.

COLÉGIO CAMPEÃO
Alunos do Colégio da Unitau. Foto: Laís Reis
O Colégio da Unitau (Escola Dr Alfredo José Balbi)) conquistou o bicampeonato dos Jogos Escolares de Inverno do Departamento de Esportes e Lazer da Prefeitura de Taubaté. Os alunos do “coleginho” subiram ao pódio em 17 das 18 modalidades disputadas. O Colégio Jardim das Nações ficou em segundo lugar e a Escola Municipal Professor Ezequiel de Souza em terceiro.