Páginas

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

HOGARIS VAI COMPLICAR JOSÉ ANTENOR

HOGARIS
O Ministério Público de Pindamonhangaba pediu a quebra de sigilo bancário de José Antenor Correa da Silva, ex-secretário de Obras do município, que pediu demissão do cargo nos últimos dias de 2010. Em primeira instância, a Justiça deferiu o pedido em medida liminar na ação cautelar. Porém, José Antenor interpôs agravo de recurso e, por decisão liminar, obteve a suspensão da decisão de primeira instância.

ESPERA
Resta ao Ministério Público aguardar a decisão sobre a liminar concedida pela TJ (Tribunal de Justiça), isto é, o julgamento do recurso interposto por José Antenor. A quebra do sigilo bancário do ex-secretário de Obras de Pindamonhangaba deve ser concedida, mais dia menos dia.

MENSALÃO
O mensalão do PT deve ir a julgamento até o final deste ano. O principal acusado é o ex-deputado federal José Dirceu. A mídia não tem divulgado com o mesmo vigor o mensalão tucano, que tem como principal envolvido o ex-governador de Minas Gerais e ex-presidente do PSDB, Eduardo Azeredo.

QUESITO
Tanto o PT quanto o PSDB receberam dinheiro do mesmo “fundo”, ou seja, do publicitário Marcos Valério, que fez escola em Minas com o ex-governador tucano. Nesse quesito, PSDB e PT são farinhas do mesmo saco. Não tem inocente em nenhum dos dois mensalões. punição neles!

FAVORECIMENTO
O vereador Rodrigo Luís Silva, Digão (PSDB), quer saber por que o prefeito Roberto Peixoto autorizou a pavimentação do pátio interno da empresa Granvale Logística e Transporte. O fato foi confirmado pela assessoria do vereador, que fez fotos do local.

UÉ!...
Com tantos bairros de Taubaté precisando de pavimentação, ruas necessitando de remendos, e o prefeito autoriza a pavimentação do pátio interno de uma empresa, e ainda por cima utilizando homens e quipamentos da Prefeitura. Alguma coisa está errada no reino do Palácio do Bom Conselho. Os taubateanos merecerem uma explicação  do prefeito Roberto Peixoto. (PMDB)

RACHADURAS
A vereadora Pollyana Gama (PPS), por sua vez, quer saber o resultado do laudo técnico realizado no bairro Jaboticabeira, que analisou o surgimento de rachaduras em casas das avenidas Monte Castelo, Arthur da Costa e Silva, Huescar Pereira e ruas Izabel Portugal e Aureliano Coutinho. Os problemas, surgidos em fevereiro de 2009, foram denunciados pelos moradores logo que os primeiros azulejos começaram a cair das paredes, o piso começou a afundar e as portas e janelas emprerraram.

OPINIÃO
Os moradores atingidos pelo problema continuam sem saber o resultado do estudo, sem contar que suas casas tiveram uma desvalorização monstruosa. Na minha opinião de leigo, o problema deve ser alguma canalização construída porcamente na região. Alguém se lembra que há cerca de dez anos a rua Irmã Amália Perrutim, na mesma região, literalmente afundou por conta de uma rede de água pluvial mal construída?

ENXURRADA
Taubaté vai pagar pró-labore aos policiais militares que atuarem na fiscalização de trânsito do município. A autorização para a Prefeitura efetuar o pagamento foi assinada pelo vereador Jeferson Campos, presidente da Câmara Municipal, que promulgou a lei municipal 4.468. Motoristas, fiquem atentos: vem aí uma enxurrada de multas de trânsito para os incautos. Se não for assim, de onde a Prefeitura vai tirar dinheiro para pagar os policiais?

HOLANDA
O jornalista Barbosa Filho, que vai realizar em Taubaté um concurso de redação sobre a Holanda, para alunos de 8 a 11 anos e de 12 e 15 anos das escolas públicas e privadas da cidade, divulgou em seu blog (http://abarbosafilho.blogspot.com/) o regulamento do concurso. A iniciativa tem a ver com o “Ano da Holanda no Brasil”, que se comemora neste ano.

MÁRIO ORTIZ
Recebi do vereador Mário Ortiz (DEM) o email que reproduzo abaixo. Ele foi postado na noite de quinta-feira, às 21h54. Como se percebe, o vereador não “dorme no ponto”, por isso não perde o ônibus. Leia...

“Caro Irani,
Só hoje li a edição de ontem da sua coluna. Vi que você especulou quanto ao meu posicionamento nas eleições municipais vindouras. Não decidi nada, vez que, como você mesmo afirma, a política é dinâmica. Nem mesmo descarto uma candidatura própria do DEM a Prefeito. E é verdade que venho sendo convidado por diversas forças a compor com elas. Tenho ótimo relacionamento com Henrique Nunes, tenho conversado com o Ortiz Júnior e com o Padre Afonso. E é verdade que a eventual ida de Gilberto Kassab, líder do meu partido e grande amigo pessoal, para o PMDB, me levará a um interessante exercício de análise política para tomada de decisão. Um emaranhado e tanto. Não tenho pressa, Irani. Agora, se não for viabilizada uma candidatura própria para o Executivo Municipal, afirmo que estou muito mais perto do Padre Afonso do que de qualquer outro. Isso não representa uma decisão, mas uma tendência.. Tive ótima parceria com ele em 2008, apoiei-o incondicionalmente em 2010 e nos damos muito bem.

Não posso te esclarecer suas especulações porque nem mesmo eu sei do meu rumo futuro. O parágrafo acima mostra isso e aponta tendências.

Abs.”