Páginas

sábado, 15 de janeiro de 2011

NÃO PERCA TEMPO COM A GLOBO

Os telespectadores que buscam se informar pelos telejornais, esqueçam que existe a Globo e o Jornal Nacional.
 
Busquem alternativas melhores. A Band tem um excelente telejornal, apresentado por Ricardo Boechat. Carlos Nascimento está no SBT, Ana Paula Padrão na Record, todos com seus telejornais de alta qualidade. São tão bons profissionais quanto os da Globo.

O “x” da questão não é a qualidade de quem apresenta o telejornal, nem a qualidade do que é levado ao “ar”. O que a Globo tem de melhor que os outros telejornais são os equipamentos e mais equipes.

O jornalismo da Globo, porem, é insosso e maldoso, porque é editado para atazanar a vida de governantes eleitos democraticamente pelo voto popular. Não é uma crítica imparcial.

A Globo não aceita que o seu voto, na urna eletrônica, tenha o mesmo peso do voto de um Marinho. Ela, que sempre tentou derrubar Lula, e fez o impossível para atrapalhar a trajetória vitoriosa de Dilma na campanha presidencial, não respeita o voto popular. 

São antidemocráticos por uma questão de sobrevivência. Para a Globo, quanto pior melhor, desde que não seja no ninho tucano.

A grande imprensa, que Paulo Henrique Amorim acertadamente batizou de PIG (Partido de Imprensa Golpista) já culpou Lula pelo desastre aéreo com o avião  da TAM em Congonhas, inclusive chamando-o de “assassino”.

Lula também foi culpado pela grande imprensa pelo desastre aéreo com um avião da Gol, que se chocou com um Legacy no ar, matando mais de 150 passageiros. A Globo sempre esteve à frente das acusações, numa tentativa frustrada de influenciar a opinião dos eleitores.

Gastaram uma edição inteira do Jornal Nacional para criticar Lula pelo desastre causado pelas chuvas no Rio de Janeiro, como já fizera por ocasião do nascimento da filha da Xuxa, como se fosse o fato mais importante do mundo. Se ao menos a Sacha tivesse nascido chamando “mamãe”, valeria os oito minutos de baboseira impingidos nos telespectadores. Eu não assisti, mas li os jornais do dia seguinte.
Naquela época, o Brasil ia mal das pernas não é mesmo FHC? Nada como o nascimento da filha da Xuxa para alegrar os brasileiros e fazer-nos esquecer que tínhamos que vender o almoço para poder jantar.

A Globo encontrou o culpado pelas desgraças que aconteceram em Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, no Estado do Rio de Janeiro. Com que desfaçatez, e com que prazer, a Globo edita suas matérias imbecis, se valendo de opiniões de entidades fantasmas para acusar Lula e, de raspão, criticar Dilma, que assumiu o governo há menos de 15 dias. Porque omitem os mesmos problemas em são Paulo e Minas Gerais? Ah! Porque se trata de ninhos tucanos? Globo, deixe de babaquice! Pare de pensar que pode me tratar feito idiota! Não sou seu telespectador e considero sua programação uma porcaria. Vocês são uns eganadores.