Páginas

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

ARTHUR CONTINUA FIRME NO CARGO DE SECRETÁRIO DE GOVERNO DE PINDA

DEMISSÃO
Arthur Ferreira dos Santos continua no cargo de secretário de Governo de Pindamonhangaba, pelo menos enquanto estiver licenciado para tratamento de saúde. Os pindamonhangabenses tem trocado email entre si, comentado a situação do quase ex-secretário. Para ver charges deliciosas sobre os último acontecimentos de Pinda acessem http://www.pindalimpa.com/

DECEPÇÃO
Eles estão decepcionados com o apresentador do SBT, Celso Portiolli, dono de uma emissora de rádio na cidade. Portiolli, na programação jornalística da 94 FM, passa ao largo da crise administrativa, que já custou a demissão de três secretários municipais e pode chegar ao quarto secretário, com a volta de Arthur à Prefeitura, após a licença médica.

INDIGNADOS
A indignação popular é tamanha que o povo já perdeu a paciência com a programação melosa da 94 FM, que não leva informação aos ouvintes e ainda teria emprestado um carro para usufruto de Arthur Ferreira dos Santos. Tem gente desconfiada de tanto desprendimento.

APOIO
O vereador José Carlos Gomes (Cal) esteve recentemente na Câmara Municipal de Taubaté. Ele foi buscar apoio da colega Pollyana Gama (PPS), uma especialista em educação. Cal pretende apresentar projeto na Câmara de Pindamonhangaba em benefício dos professores da rede pública municipal.

SENADO
Projeto apresentado em Taubaté pela vereadora Pollyana Gama pode se transformar em lei federal. O senador Osmar Dias (PDT-PR) gostou do projeto da vereadora taubateana, que ele conheceu pela internet, e comprou a idéia.

CONGRESSO
O novo projeto, totalmente baseado no apresentado por Pollyana Gama, que é professora da rede pública de Taubaté, está em tramitação no Congresso Nacional. Osmar Dias não apresentou o projeto como sendo de sua autoria, fto raro na política brasileira.

OBRIGAÇÃO
A vereadora Pollyana Gama (PPS), apresentou requerimento à mesa da Câmara para consultar a possibilidade de a Nova Dutra ser acionada por via judicial para ser obrigada a fazer o que tem de fazer, isto é, melhorar os acessos e as saídas da rodovia no trecho taubateano.

PERIGO
Entrar em Taubaté pela saída da Dutra próxima à rodoviária velha é um risco de vida. Há um túnel sob a Dutra no local. Portanto, sobra menos de cem metros de acostamento para quem vai entrar na cidade, pois o resto foi “engolido” pelo guard-rail do túnel. Quem sai também corre risco, pois é obrigado a passar pelo mesmo guard-rail.

RESPONSABILIDADE
A Câmara Municipal e a Prefeitura são as responsáveis por zelar pela segurança e mobilidade dos moradores e/ou visitantes de Taubaté no entorno da via Dutra. A obrigação de faze as obras de segurança nas alças de acesso e saída de Taubaté é a Nova Dutra.

COBRANÇA
Já passou da hora de os poderes públicos municipais de Taubaté obrigarem a concessionária a fazer o que tem de fazer. Afinal, um veículo de dois eixos paga R$ 9,70 de pedágio na Dutra. Dinheiro para fazer as obras de melhoria e segurança nas alças de aceso tem. Falta vontade política, ou coragem, de cobrar da Nova Dutra o que ela tem de fazer.

REQUERIMENTO
Leiam na postagem do CONFIRA de 16/02/2011 o requerimento da vereadora Pollyana Gama (PPS). Está logo abaixo da notinha “LIÇÃO”.

DISCRIMINAÇÃO
Uma nova modalidade de discriminação está ocorrendo nas principais lojas da cidade, especialmente nas lojas de rede. Todo candidato a emprego deve escrever na ficha cadastral a sua religião.

ABSURDO
Se o candidato for agnóstico, ele não terá o emprego que pleiteia? O Brasil, de acordo com a constituição, é um estado laico. Os empregadores não deveriam ser também? Gostaria de ver o Ministério Público atuando para corrigir esse absurdo. Afinal, você sabe que religião vai colocar na ficha quando estiver pedindo emprego? Católico? Evangélico? Ah! Entendi. A religião vale mais que o desempenho profissional. Deve ser isso.

COTIDIANO
Quem trabalha na rua tem sempre uma história para contar, como essa vivida por Silvana Fontes, motorista do TCTAU: Na segunda-feira (14), quando saia para trabalhar, viu uma senhora caída no meio da rua e outra tentando reanimá-la. Silvana levou-a ao posto médico mais próximo enquanto outros avisavam a família da mulher.

REMÉDIO
A mulher desmaiou porque tem pressão alta e não tinha remédio para tomar. A Prefeitura, que deveria fornecer o remédio, muito menos. Silvana Fontes diz que procurou quem pudesse ajudar a mulher, mas foi informada que casos como aquele acontece todos os dias, por falta de remédio.

SOLUÇÃO
Casos como esse não devem acontecer mais. A presidenta Dilma assinou decreto que dá, de graça, remédio para hipertensos e diabéticos. Basta ter uma receita médica, um documento com foto e ir a qualquer farmácia popular.

VIGORANDO
A lei assinada pela presidenta Dilma entrou em vigor exatamente na segunda-feira (14). Fui consultar a Drogaria São Paulo à respeito. Fui informado que a lei está em vigor e o remédio é gratuito. Não importa a classe social do paciente.

DOCUMENTO
O importante é ter uma receita médica recente e um documento com foto. Se a farmácia quiser cobrar uma “taxinha”, pode chamar a polícia, pois se trata de crime contra a economia popular e isso dá cadeia.

MULHER
A médica Rita Bittar, que dedicou sua vida profissional aos ambulatórios médicos públicos, será homenageada pela Câmara Municipal de Taubaté por ocasião do Dia Internacional da Mulher. A indicação é da vereadora Pollyana Gama.

HISTÓRIA
O artista plástico Toninho Mendes, de Redenção da Serra, está expondo seu trabalho no saguão da Câmara Municipal de Taubaté. Discípulo  de Mestre Justino, Toninho Mendes está na fase do impressionismo. A exposição “A história de Taubaté e a memória cultural e religiosa da velha Redenção” vai até o dia 3 de março, das 8 às 12h e das 14 às 18h.

COMENDA
O empresário Hodges Danelli Filho receberá, na Câmara Municipal, a comenda Jacques Félix, por iniciativa do vereador Mário Ortiz (DEM).