Páginas

quarta-feira, 27 de abril de 2011

CQC MOSTRA TAUBATÉ NA TV, DE NOVO

Taubaté, provavelmente na próxima segunda-feira (02/05), deverá ser uma das principais atrações do CQC, que a TV Band apresenta às 22h30. Será a segunda apresentação de Taubaté no programa.
Joffre Neto conversa com Oscar Filho, repórter do CQC, na Praça Santa Terezinha. O programa deve ser apresentado 2ª feira
O primeiro mico foi há cerca de dois anos. A Prefeitura construiu casas populares e elas apresentaram inúmeras rachaduras. Monteclaro Cesar foi o homem escalado pelo prefeito Roberto Peixoto para dar as desculpas esfarrapada de sempre à reportagem do CQC.

Não é que dois anos depois o programa volta a Taubaté? Agora para mostrar o trabalho feito pela ONG Transparência Taubaté que levantou, no sítio da própria Prefeitura, compras esdrúxulas, irregulares e superfaturadas.

Fiquei embasbacado com a lista divulgada pela Transparência Taubaté. Lá tem ovo comprado a R$ 78 a dúzia, biscoito recheado em caixa de 154 gramas a R$ 195, caixa de chá mate de 200 gramas a R$ 75 e caixa de bombom de 400 gramas por R$ 200,00.


Este é o hipermercado de Carolino, no bairro do Bonfim
O repórter Oscar Filho, do CQC, ficou curioso e quis conhecer o “supermercado” do Carolino, o fornecedor da Prefeitura.

Deve ter voltado decepcionado para São Paulo se imaginou que iria encontrar um grande depósito para guardar tantos e tão variados produtos.

É que Carolino, entre 2008 e março de 2011, faturou exatos R$ 1.658.845,57 da Prefeitura.


O CQC deverá aproveitar outros ítens levantados pelo ONG Transparência Taubaté, como a compra de 600 quilos de lingüiça a R$ 4.494,00.

Se Oscar Filho preferir, poderá abordar a compra de aproximadamente quinze toneladas de ração para equino a R$ 17.020,00. Por falar nisso, onde fica a cavalariça da Prefeitura que eu não sei?

Tem também a compra de 250 quilos de bucho, ração para peixe, ração para novilho, quase dez mil frascos de suplemento alimentar nutricional a módicos R$ 32.940,00, e por aí vai.
 
Oscar, aceite um conselho: divirta-se com a matéria, mas não diga que somos parvos, que isso nós não somos. Puseram um nariz de palhaço em nossos narizes, mas não somos palhaços, estão nos fazendo de palhaços, diria o Jo Soares.

Agora façam suas apostas. Quem falou pela Prefeitura? Eu aposto no Jacir Cunha.