Páginas

quinta-feira, 14 de abril de 2011

PROPOSTA DE CHICO SAAD É UM ESCÁRNIO COM SERVIDOR MUNICIPAL

A intenção do vereador Chico Saad (PMDB), que propõe um reajuste de 62,5% para o prefeito Roberto Peixoto (PMDB), é um escárnio com o servidor público municipal, que está sem revisão salarial há três anos, e também com os professores, que lutam pelo plano de carreira da categoria sem sucesso.

Demagogicamente, Peixoto recusou o reajuste salarial que a Câmara Municipal lhe oferecia em 2008, quando foi reeleito prefeito, o que é permitido pela Lei Orgânica do Município e, portanto, perfeitamente legal.

Não fosse demagogo contumaz, o prefeito Roberto Peixoto estaria recebendo, desde 2009, quando assumiu o cargo, os R$ 18.190,00 que o vereador Chico Saad propõe agora, ao invés dos R$ 11.188,00, que é seu salário atual.

Por acaso estaria Chico Saad com pena de Peixoto, que sofreu redução na renda familiar com a demissão, por imposição judicial, de Luciana Peixoto, ex-secretária de Desenvolvimento e Inclusão Social, e do primeiro-genro Anderson Ferreira, ex-secretário de Turismo e Cultura?

Com as duas demissões, a renda da família Peixoto cai em cerca de R$ 17 mil.

De novo demagogicamente, o prefeito Roberto Peixoto diz que vai doar a diferença, de R$ 7 mil. Agora conta para quem, prefeito. Para o primeiro-genro e para a primeira-dama não vale.

O senhor sabe que tem maioria na Câmara e se não houver manifestação popular, a proposta de Chico Saad passa, se bem que já há manifestação de vereadores contrários à medida.

Para justificar o injustificável, Saad diz que há funcionários aposentados que estão sendo prejudicados porque não podem receber mais que o prefeito.

Se o vereador está tão preocupado com esses “pobres” assalariados, porque não abre de um dos dois carros que tem à disposição, devolve o celular para a Câmara, manda tirar o ramal telefônico de sua sala?

Daria uma economiazinha, pequena, é verdade, mas sobraria dinheiro para pagar salários dos marajás que a própria Câmara, ao longo dos anos, permitiu que fossem transformados em marajás.

Aproveita, vereador Chico Saad, que o senhor está com tanta vontade de reajustar o salário do prefeito, para rever os salários dos mais de três mil servidores municipais de Taubaté que estão sem revisão salarial.

Dê uma chegadinha no DOP e faça uma sondagem. Pergunte a pelo menos dez funcionários braçais, ou motoristas, se eles estão satisfeitos com as horas extras incorporadas ao salário?

Os servidores municipais e os professores precisam de mais atenção aos seus salarios do que o prefeito. O senhor já pensou nisso?