Páginas

segunda-feira, 9 de maio de 2011

LIGA PELA MORALIDADE PÚBLICA TAUBATEANA

Acabei de me levantar. Passa das sete e meia da manhã de segunda-feira (09/05). Começo os preparativos para a viagem de volta à minha amada Taubaté, de quem estou distante cerca de novecentos quilômetros.

Mal abro os olhos e meu primeiro pensamento é sobre a enxurrada de denúncias que enlameiam esta terra dos Guaianás, de Monteiro Lobato, de Renato Teixeira, que a adotou como terra natal, e de tantas outras pessoas que para cá vieram e amam Taubaté como se aqui tivessem nascido.

O orgulho taubateano está ferido. Nosso orgulho foi ferido justamente por um taubateano, de honrada e tradicional família de políticos da cidade.

Nosso alcaide não honra o sentimento cívico do taubateano, berço de milhares de homens e mulheres que sabem o que é ter dignidade para administrar esta urbe visando o bem comum.

Somente agora pela manhã fiquei sabendo que o Fantástico, a revista semanal televisiva da Rede Globo, exibiu matéria na qual Taubaté é apontada como uma das cidades em que há fortes indícios de corrupção na aquisição de merenda escolar.

Ou seja, a matéria exibida pela Rede Globo é uma confirmação do que disse o ex-chefe de Gabinete do prefeito Roberto Peixoto, Fernando Gigli, sobre corrupção na Prefeitura taubateana. Significa também que as investigações estão bem adiantadas.

No espaço de sete dias, Taubaté foi mostrada para todo o Brasil como uma cidade onde grassa a corrupção.

Segunda-feira (02/05) foi o CQC, da Band, que nos brindou com uma matéria de quinze minutos para mostrar os preços pagos pela compra de ovos, ração para animais e dezenas de outros itens de uma microempresa que já apresentou problemas em outros municípios da região.

Fechamos a semana com a matéria de domingo (08/05) no Fantástico.

Nós, taubateanos de coração, que nascemos ou adotamos esta cidade como nossa, no sentimos envergonhados com a exposição a que fomos submetidos, por quase vinte minutos, em dois programas de televisão em rede nacional.

Isto posto, proponho criarmos a LIGA PELA MORALIDADE PÚBLICA TAUBATEANA, a ser composta por cidadãos e cidadãs que queiram ver Taubaté mostrada na televisão de forma positiva e não debochada ou envolvida em esquema de corrupção.

CASSAÇÃO

Abaixo, reproduzo texto da ONG Transparência Taubaté, que promete tomar medidas judiciais contra o prefeito Roberto Peixoto (PMDB).

“Depois das graves denúncias veiculadas no programa "Fantástico" da Rede Globo, exibido neste domingo dia 8, em que o Prefeito Municipal Roberto Peixoto é acusado de receber R$ 5 milhões de propinas de uma empresa de merenda escolar, a ONG Transparência Taubaté irá se reunir nesta segunda-feira, às 19h00, para discutir as medidas cabíveis contra o Chefe do Executivo. Serão consultados juristas e lideranças políticas para a formulação da estratégia de ações.

A Transparência Taubaté recebeu centenas de manisfestações de repúdio de cidadãos indignados no grupo que mantém no Facebook.

A reportagem ainda estava no ar e as mensagens já estavam pipocando na página da ONG. Com a ação firme dos administradores, palavras mais pesadas foram vetadas.

O tópico com um manifesto foi o mais comentado e se referia à hipótese de pedido de impeachment de Roberto Peixoto. Uma das frases desse tópico afirma: "Roberto Pereira Peixoto e sua mulher Luciana Flores Peixoto não reúnem mais condições administrativas, políticas, morais e éticas de permanecer à frente do Executivo taubateano.

A Câmara Municipal também foi muito lembrada. Os cidadãos se manifestaram fortemente no sentido de que o Legislativo reaja e tome medidas enérgicas em relação ao Prefeito."