Páginas

segunda-feira, 23 de maio de 2011

PROFESSORES CONFIRMAM GREVE E PEDEM APOIO DE PAIS DE ALUNOS


Os professores da rede municipal de ensino devem fazer greve na manhã desta terça-feira (24/05), conforme postado neste blog. 

Os problemas são conhecidos de todos: falta de estrutura nas escolas, merenda escolar de qualidade duvidosa, salários defasados e professores desmotivados.

A Prefeitura tentou, na manhã de segunda-feira (23/05), desmobilizar a categoria chamando, às pressas, alguns professores para uma reunião urgente, entre eles Fabrício Peres, Cleber e Aurélio.

A oferta não foi aceita. Os professores querem melhores condições para trabalhar e garantem que haverá a greve programada para esta terça-feira.

Fica a expectativa, por parte dos professores, que a Prefeitura marque um encontro com representantes da categoria para resolver o problema.

Pressionado, Jacir Cunha promete reunião para acabar com impasse, dia 2 de abril
Jacir Cunha, assessor para Assuntos Políticos do prefeito Roberto Peixoto prometeu aos professores, quando estes fizeram as primeiras manifestações por melhores salários, que marcaria uma reunião com representantes da categoria para solucionar o impasse.

Foi formada uma comissão, da qual a vereadora Pollyana Gama foi excluída, reuniões foram realizadas e soluções não foram encontradas.

O resultado de tantos encontros a cidade verá hoje: professores municipais em greve, pelo menos no período da manhã desta terça-feira (24/05). 

INSTABILIDADE
O presidente da Câmara Municipal de Taubaté, vereador Jeferson Campos (PV), falou sobre a instabilidade política vivida pela cidade e lembrou que desde 2005, quando assumiu seu primeiro mandato, sempre houve discussões sobre a forma como a cidade é administrada.

ARREMEDO
O PT taubateano mais parece um arremedo de partido, disposto a tudo para ficar próximo do poder. Em 2004 uniu-se ao DEM para apoiar a candidatura de Mário Ortiz à Prefeitura. Mais ou menos como misturar água e óleo, se isso é possível. PT e DEM não são antagônicos?

COLABORATIVA
O vereador Henrique Nunes (PV) disse que a Câmara sempre foi colaborativa com a Prefeitura e tentou colaborar com a administração por meio de inúmeros requerimentos, apontando onde poderia ser feitas melhorias, como a coleta de lixo. “Hoje a cidade está num estado lamentável”, reclama, “principalmente a periferia”.

PARENTESCO
Acusado de traidor da família Peixoto, o vereador Carlos Peixoto (PMDB) está atravessando seu calvário político desde que votou a favor da instalação da comissão processante que poderá redundar na cassação de seu tio, o prefeito Roberto Peixoto.

TAXATIVO
Reproduzo aqui, o que disse Carlos Peixoto na sessão de Câmara do dia 18/05: “Se existem denúncias, seja com qualquer pessoa, sendo parente ou não, eu quero ver tudo sendo esclarecido dentro da Câmara. Votei favorável à CEI (Comissão Especial de Inquérito) no ano passado, quando ‘apanhei’ bastante também, assim como votei novamente favorável a essa comissão processante. Se a comissão definir que realmente houve todas essas irregularidades, independentemente de grau de parentesco, não me furtarei de fazer meu trabalho de vereador.”

EXPOSIÇÃO
O vereador Roderico Prata Rocha (PSC) lamenta a forma como Taubaté vem sendo exposta pela mídia nacional. É só um lamento, nada mais que isso.