Páginas

sábado, 20 de agosto de 2011

BRENNO FERRARI: A LUTA POR UMA CAUSA NOBRE QUE O TAUBATEANO DESCONHECE

A população taubateana acompanhou o desenrolar dos trabalhos da Comissão Processante que levou o (ainda) prefeito Roberto Peixoto ao banco dos réus na Câmara Municipal de Taubaté, dia 12 de agosto de 2011. A CP, brilhantemente conduzida pela vereadora Pollyana Gama (PPS), foi assistida juridicamente desde o início pelo advogado Brenno Ferrari, não menos brilhante.

Brenno Ferrari, brilhante defensor da probidade
O que quase ninguém sabe é que a assistência jurídica prestada por Brenno Ferrari à Comissão Processante foi GRATUITA. Quantos advogados deixariam seus compromissos profissionais de lado para se dedicar a uma causa nobre como esta? Quanto custou cada advogado de defesa do prefeito canastrão? São perguntas que deveríamos nos fazer.

Brenno Ferrari empenhou-se a fundo nos trabalhos da Comissão Processante. Tomou como sua a missão de mostrar para uma população cada vez mais vilipendiada por uma administração corrupta, os descaminhos do poder executivo taubateano, as fraudes perpetradas por quem deveria zelar pelo patrimônio público.

Logo após a instalação da Comissão Processante, escolhida por sorteio público, o competente advogado taubateano foi convidado pela vereadora Pollyana Gama a colaborar com seus conhecimentos jurídicos na perquirição que se iniciaria. Brenno Ferrari não se fez de rogado.

Aceitou o convite como uma convocação que só os probos aceitariam. Em nenhum momento falou de cifras. Abraçou a missão que lhe foi delegada: orientar juridicamente os trabalhos da comissão processante, cuidar de cada detalhe do processo para evitar que a defesa do prefeito canastrão conseguisse, na Justiça, impedir o prosseguimento dos trabalhos.

Em cinco oportunidades, a defesa de Peixoto tentou afastar Pollyana da presidência da CP. Não conseguiu. A orientação jurídica segura dada pelo brilhante advogado taubateano foi seguida à risca: a intimação do prefeito para depor no processo, o encaminhamento das sessões públicas e, principalmente, as respostas da vereadora Pollyana Gama à defesa do prefeito canastrão, que tentava confundi-la.

Poderíamos discorrer mais sobre as qualidades do brilhante advogado Brenno Ferrari, autor de ações civis públicas que o eleitor taubateano desconhece e talvez nem venha a conhecer, mas que deixou um velho político taubateano indelevelmente marcado por se julgar acima das leis. Importante que esta urbe saiba que o trabalho incansável do competente Brenno Ferrari não custou um mísero centavo aos cofres públicos. Ele se doou à justeza da causa de todos os taubateanos que querem ver esta cidade livre de políticos corruptos.

Rendemos nossas homenagens a este grande taubateano. Obrigado, Brenno Ferrari! 

A VERDADE SOBRE O PROCESSO DE CASSAÇÃO DO MANDATO DO PREFEITO DE TAUBATÉ

O texto abaixo é da lavra do vereador Rodrigo Luís Silva – Digão, relator da Comissão Processante que apurou denúncias de irregularidade na formação da ACERT para a compra e dispensação de medicamentos para a Prefeitura de Taubaté.

“Desde o 1º dia de minha posse na Câmara Municipal de Taubaté, tenho lutado pela cidade, pois o vereador, quando eleito, representa todo o município. A minha postura política na Câmara Municipal, nos órgãos públicos e privados e no relacionamento com os munícipes não mudou, pois acredito que a transparência, honestidade e dignidade, mostram o respeito e caráter de uma pessoa. O vereador é eleito para fiscalizar o gasto do dinheiro público, apresentar projetos de leis que melhorem e facilitem a vida da sociedade, julgar os atos do prefeito e vereadores e assessorar o executivo, servindo como “ponte” entre o munícipe e o prefeito na busca de seus direitos. Tenho apresentado muitos requerimentos e ofícios buscando melhorar as deficiências dos bairros e a qualidade de vida de seus moradores, mas por ser oposição à maneira de governar do atual prefeito, dificilmente sou atendido em minhas reivindicações. O vereador que denuncia irregularidades, falcatruas e corrupção no governo é isolado politicamente. O vereador que cumpre fielmente o seu papel de fiscalizador do dinheiro público, não é atendido em seus pedidos de melhorias para os bairros. Não existe meio termo: ou está com o prefeito e aceita calado a falta de remédios nos postos médicos, a falta de coleta de lixo, a falta de vagas nas creches municipais, o trânsito caótico e sem sinalizações em toda a cidade, a falta de segurança (muitas vezes causadas pela ineficiente iluminação pública), doações de áreas para empresas que nunca saem do papel e iludem os desempregados, falta de cursos profissionalizantes, reciclagem dos lixos, doações de cestas-básicas e bolsas de estudo para pessoas que não precisam do benefício, etc ou está contra o prefeito, denunciando todas as irregularidades, a corrupção, as obras superfaturadas e nunca terminadas, etc. Eu, vereador Digão, estou do lado da honestidade, da transparência, da ética, logo, sou totalmente contra todo esse desmando e corrupção que se instalou em Taubaté, prejudicando a população que paga seus impostos e espera receber do prefeito um governo que atenda seus direitos essenciais, previstos na constituição. O caso da ACERT, empresa que foi contratada irregularmente para gerenciar a logística de remédios no município, teve consequências sérias para a população, inclusive, segundo depoimento da Dra. Rita de Cássia, ex-Diretora do Departamento de Saúde, podendo ser a causa do aumento de mortes em Taubaté, quando do “apagão” de remédios no 1º semestre de 2009. A empresa ACERT foi contratada irregularmente, não possuía funcionários, telefones, veículos e foi criada num escritório de contabilidade do gerente de compras da Prefeitura. Houve também má gestão do dinheiro público, causando superfaturamento na compra de remédios. E o grande prejudicado? Mais uma vez a população, que paga seus impostos regularmente. Fui eleito para representar dignamente a nossa cidade, brigar pelos nossos direitos, lutar por melhorias e novos investimentos em Taubaté e não para ser omisso e concordar com a falta de políticas públicas em nosso município. Espero que a população entenda a minha postura, reflita, procure mais informações e esteja ao lado da honestidade. Eu estou com vocês e espero que vocês estejam comigo nessa luta. Com certeza, o futuro será melhor para todos nós e o bem prevalecerá mais uma vez. Um grande abraço.”