Páginas

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

PADRE AFONSO REÚNE VEREADORES E SUPLENTES DO PV PARA CASSAR PEIXOTO, E O VÍDEO BOMBÁSTICO DE ORTIZ PEDINDO VOTOS E DEPOIS CRITICANDO O CANASTRÃO

O deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV) fará reunião na noite desta quarta-feira (03/08) com os vereadores e suplentes do Partido Verde para fechar questão em torno da cassação do prefeito canastrão Roberto Peixoto.

ENCONTRO
Os vereadores Henrique Nunes e Jeferson Campos foram convidados pelo deputado para participar do encontro, bem como os suplentes Regino Justo e Sérgio Aquino.

MALEDICÊNCIAS
Padre Afonso adiantou que a reunião tem por objetivo acabar com as maledicências dos últimos dias, desde que foi publicado que ele teria feito acordo com Peixoto para evitar a cassação do alcaide.

OPOSIÇÃO
Não há, segundo padre Afonso, nenhum acordo em andamento com Peixoto. “Ele foi cassado pela Justiça Eleitoral de Taubaté por uma ação de minha autoria”, disse. Sou oposição ao prefeito Roberto Peixoto desde o início do primeiro mandato dele.

AFASTAMENTO
No encontro de logo mais, com a bancada de vereadores do PV, padre Afonso pode sugerir ao vereador Henrique Nunes que se afaste da sessão de votação da possível cassação do prefeito canastrão.

ESPAÇO
Caso o vereador Henrique Nunes se licencie, abre espaço para Sérgio Aquino participar da sessão história para a vida política de Taubaté. O outro suplente, Regino Justo, ocupará a vaga de Jeferson Campos, que não participará da sessão de votação a cassação por ter sido o autor da denúncia que resultou na criação da Comissão Processante.

CONFIGURAÇÃO
Caso a Câmara casse o prefeito canastrão, a vice-prefeita Vera Saba (PT) deve assumir imediatamente a cadeira de prefeita de Taubaté. Muda, portanto, toda a configuração política atual de Taubaté com Vera na Prefeitura.

DESPREOCUPADO
Padre Afonso disse que o taubateano precisa de uma resposta forte de seus representantes e está consciente que a possível cassação do prefeito canastrão muda a configuração da política locl tendo em vista as eleições municipais de 2012. “Minha preocupação é o bem-estar do povo taubateano” afirmou.

MEMÓRIA
Recordar é viver, diz a música. Você, taubateano, com certeza assistiu o vídeo de 2004 no qual Bernardo Ortiz pede votos para o então candidato Roberto Peixoto, que era seu vice-prefeito. No mesmo vídeo, você poderá ver trecho de uma entrevista de Ortiz a Carlos Marcondes, na TV Band Vale, em abril de 2010.

BRINCADEIRA
Parece brincadeira, mas aqui ele critica o prefeito canastrão que ajudou a eleger seis anos antes, como se não tivesse responsabilidade nenhuma na eleição do canastrão. Como sempre, o “Velho” lavou as mãos e tergiversou na resposta a Carlos Marcondes.

CLIQUE AQUI para assistir ao vídeo. Depois, ponha a cabeça no travesseiro e pense bem em quem é Ortiz, o homem que engana os taubateanos há pelo menos trinta anos.