Páginas

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

CONFIGURAÇÃO ELEITORAL DE CANDIDATOS A PREFEITO DE TAUBATÉ MUDA COM ENTRADA DO PSD

A aprovação da criação do PSD (Partido Social Democrata) na noite de terça-feira (27/08) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tem o condão de mexer com a sucessão municipal em Taubaté, cujo favoritismo é do deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV), seguido pelo vereador Mário Ortiz (DEM)

O prefeito paulistano Gilberto Kassab, coordenador e criador do 28º partido político brasileiro, avalizará a candidatura de seu pupilo à Prefeitura de Taubaté. Mário Ortiz jamais escondeu seu desejo de se candidatar novamente a prefeito.

Em duas pesquisas eleitorais quantitativas, feitas em abril e em junho, Mário Ortiz aparece em segundo lugar, atrás apenas do deputado Padre Afonso. Nas duas pesquisas, Ortiz Junior aparece em terceiro lugar. Vale ressaltar que na pesquisa de junho, o provável candidato do PSDB perde até para os eleitores indecisos.

Em pesquisa recente, cujos resultados ainda serão divulgados, Ortiz Junior  (PSDB) aparece em queda livre. Os primeiros lugares continuam com Padre Afonso (PV) e Mário Ortiz (PSD?).

Vereadora Pollyana Gama (PPS): amadurecimento político
A novidade é a boa cotação da vereadora Pollyana Gama (PPS) após o excelente trabalho na condução da Comissão Processante, que levou o prefeito canastrão ao banco dos réus na noite de 12 para 13 de agosto deste ano, quando Roberto Peixoto foi vergonhosamente absolvido por seis vereadores.

A serenidade e a firmeza de Pollyana Gama à frente da CP não passaram despercebidas pelo eleitor taubateano, o que pode significar que os vereadores que absolveram o prefeito canastrão têm os dias contados na Câmara Municipal, independente de serem ou não candidatos nas próximas eleições.

Os dados mais importantes apurados na pesquisa são a queda livre de Ortiz Júnior na preferência dos eleitores e a rejeição à administração do prefeito Roberto Peixoto.

A rejeição ao prefeito canastrão, tabulada na última pesquisa qualitativa feita na cidade, confirma a que foi feita em agosto pela ONG Transparência Taubaté, dias antes da vergonhosa sessão de 12 para 13 de agosto.

Resumindo:
1)    O PMDB não deve vencer as próximas eleições em Taubaté, mesmo com todo o tempo de televisão que disporá no horário eleitoral gratuito.
2)    O apoio do prefeito canastrão Roberto Peixoto desgastará politicamente o candidato que tiver sua companhia no palanque ou na televisão.
3)    O PSDB, que insiste na candidatura de Ortiz Junior, está trajando saia justa para as próximas eleições. A candidatura do tucano não decola.
4)    O campo está aberto para novas candidaturas. O deputado Padre Afonso (PV), candidato a prefeito em 2008, é sempre lembrado nas pesquisas. O mesmo se dá com Mário Ortiz (PSD?).
5)    A novidade é a vereadora Pollyana Gama (PPS), que amadureceu politicamente com a presidência da CP de cassação de Peixoto e poderá surpreender nas urnas pelo altíssimo grau de rejeição do prefeito canastrão.
6)    Abaixo, o tempo de cada partido no horário eleitoral gratuito de rádio e televisão.

Aqui, para vocês matarem saudade, mais um impagável cordel do professor Silvio Prado. Boa leitura!

TUCANAGEM

Um dia quando crescer
Quero ser como fulano
Virar sujeito de peso
Viver semeando engano
Me transformando de vez
Em político tucano.

E quero ser indicado
Para assessor especial
Ou presidente maior
De certa empresa estatal
Que trambica com escola
Sua verba colossal.

Quero empregar amigos
E também todo parente
Dar ao filho assessoria
E cargo proeminente
Exato no gabinete
Do nosso maior gerente.

Se um dia eu crescer
E tiver grande estatura
Ninguém me tira o direito
De agir na cara dura
Me cacifando no Estado
Pra ganhar a prefeitura.

Silvio Prado