Páginas

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

PRIMEIRA-DAMA DE TAUBATÉ PROCESSA REDE GLOBO: JARDIM BOTÂNICO TREME

Ainda não temos detalhes da ação impetrada pela histriônica Luciana Peixoto, primeira-dama de Taubaté, contra a Rede Globo de Televisão. A ação corre na 1ª Vara Cível da cidade. Deve ser por calúnia e difamação, sou capaz de apostar.

Assim que soube da ação judicial, a cúpula da Rede Globo se reuniu no Jardim Botânico com os principais jornalistas da emissora, bem como com os melhores advogados da empresa para defender-se juridicamente.

Soube-se que Carlos Henrique Schroder, diretor de jornalismo e esporte da Rede Globo foi chamado pelos Marinho, donos da emissora, para se explicar.

Afinal, com que autoridade ele deixou exibir uma matéria sobre a primeira-dama de Taubaté, expondo-a ao ridículo em pleno Fantástico, uma das maiores audiência da televisão brasileira nas noites de domingo?

Schroder tentou jogar a culpa no diretor de jornalismo Ali Kamel. “Não tenho nada com isso, não cuido do Fantástico”, balbuciou.

Para tranquilizar os Marinho, Schroder e Kamel prometeram que não produzirão mais notícias originadas da Polícia Federal que incriminem a primeira-dama taubateana.

Eles reconheceram que se precipitaram ao divulgar a documentação que a Polícia Federal lhes passou mostrando, em detalhes, como o dinheiro público é desviado em Taubaté. Não podiam ter feito isto, justamente com Luciana Peixoto.

José Bonifácio de Oliveira Sobrinho – Boni, quando soube da notícia, estava em seu escritório na TV Vanguarda. Ficou arrepiado. Esticou o corpo encostado no espaldar de sua confortável cadeira. “Meu Deus!”, teria dito, “como me livrar desse processo?”, lamentou.

Como diz meu amigo Diniz, ponto para Taubaté! Continuaremos sendo ridicularizados Brasil afora.

Aqui o número do processo de Luciana Peixoto contra a Rede Globo. Não é para rir...

PROCESSO: 0083339-65-2011.8.26.0002
CLASSE: procedimento ordinário
REQUERENTE: Luciana Flores Peixoto
ADVOGADO: 160568/SP – Erich Bernat Castilhos
REQUERIDO: Rede Globo de Televisão
VARA: 1ª Vara Cível (Taubaté)