Páginas

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

QUEM CRÊ NA “SERIEDADE” TUCANA, PRECISA LER O LIVRO DE AMAURY

Ainda não li o livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr, lançado quinta-feira (08/12), em São Paulo, porque a primeira tiragem de “A Privataria Tucana” não ficou nem 24 horas nas prateleiras da Livraria Cultura (Avenida Paulista). Secou rapidamente como um pingo d’água no deserto. Os 15 mil exemplares foram avidamente consumidos pelos leitores.

Luiz Fernando Emediato, diretor da Geração Editorial, confessou que calculou mal e imprimiu apenas 15 mil exemplares da obra porque não esperava tanta procura. Para não deixar os leitores com água na boca, Emediato assegura que esta semana mais 15 mil exemplares de A Privataria Tucana estarão nas livrarias.

Enquanto a obra de Amaury Ribeiro Jr é aguardada nas livrarias, Emediato postou um capítulo do livro, o XI, que pode ser acessado aqui no sítio da Geração Editorial. São 17 páginas em PDF. Isto é só um aperitivo.

O livro desmascara a farsa das privatizações tucanas, o enriquecimento ilícito de Verônica Serra (filha do ex-venerável ex-candidato derrotado à presidência da República José Serra), Verônica Dantas (irmã do banqueiro preso na Operação Satiagraha) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o maior dos tucanos para a mídia golpista.

O livro, diz quem o leu, não é uma retaliação aos tucanos. É totalmente embasado em documentos oficiais. Sua leitura, portanto, deve ser bastante esclarecedora, sem contar que feriu de morte José Serra que acaba de ver a bolinha de papel da eleição de 2010 transformar-se em uma bigorna na sua careca.

Aqui a capa do livro, que do deve chegar em Taubaté em quinze dias, se a próxima edição não se esgotar antes.

A primeira edição esgotou, a segunda sai esta semana e a terceira está no prelo