Páginas

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

PMDB DE PINDA PODE VOLTAR A SER DIRIGIDO POR FERNANDO NOGUEIRA

A roda da política dá muitas voltas. Ary Kara, na condição de coordenador regional do PMDB, interveio no diretório do partido em Pindamonhangaba. Queria lançar o vereador Isael Domingues candidato a prefeito da cidade.

Enquanto era vivente, o jornalista José Antonio de Oliveira apostava suas fichas em Isael Domingues para ser candidato a prefeito de Pinda pelo PMDB. Tudo caminhava neste sentido. A morte repentina de Zé do Jornal pôs fim às negociações em andamento.

Ary Kara já tinha sido convencido a deixar o partido com Isael Domingues, que ainda pertencia ao PSDB. O vereador pindense esteve reunido com o deputado João Caruzo, do diretório estadual do PMDB, mas as negociações não prosperaram.

A intervenção no diretório municipal do PMDB de Pindamonhangaba não foi uma decisão tranquila como imaginava Ary Kara, amigo pessoal do vice-presidente da República Michel Temer.

Ary Kara, para usar o jargão futebolístico, levou o drible da vaca do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, e viu o PMDB de Pinda cair no colo de Paulo Sérgio Torino, que deixou o PSB para ingressar no partido e ser indicado candidato a prefeito.

Informações importantes:

Myriam Alckmin cumprimenta Maluf em Campos do Jordão
1 – Fernando Nogueira, pai da vice-prefeita Myriam Alckmin, um dos membros mais antigos do PMDB de Pindamonhangaba, não gostou da intervenção no diretório local e recorreu à Justiça Eleitoral.

2 – Myriam Alckmin disse a este blogueiro em Campos do Jordão no último dia 9/01/12, por ocasião da assinatura da lei que institui a Região Metropolitana do Vale do Paraíba, que o recurso impetrado por seu pai está para ser julgado e acreditava que o partido seria recuperado por seus antigos líderes.

3 – Caso Fernando Nogueira recupere o PMDB para seu grupo, a coligação PMDB-PT encerra-se em Pinda. O dirigente partidário não vai permitir outro acordo que não seja o apoio do PMDB à sua filha Myriam Alckmin, pré-candidata do PPS à prefeita da cidade.

Torino na festa do PT em Taubaté, em novembro de 2011
4 – Paulo Sérgio Torino, que participou da reunião do PT de Taubaté no lançamento da candidatura a prefeito de Isaac do Carmo, dia 17 de novembro de 2011, disse que o PMDB de Pinda era uma ilha, isto é, quem manda lá é Paulo Skaf. “O Ary (Kara) manda no resto do Vale do Paraíba, em Pinda não”, afirmou.

5 – O que está em jogo é o tempo de televisão. O dinamismo político permite toda sorte de negociações: (PMDBxPT), (PMDBxPPS), (PTxPPS).

6 – Caso o Tribunal Regional Eleitoral confirme a manutenção do diretório municipal do PMDB de Pinda com seus antigos dirigentes, coloca uma pá de cal nas pretensões da dupla Skaf/Torino em disputar a Prefeitura da cidade, pelo menos nas próximas eleições municipais.

7 – O PSB tem tempo de TV e está com Myriam Alckmin. Ao que parece, não foi uma boa a intervenção no diretório municipal do PMDB pindense. Paulo Skaf pensou ter engolido Ary Kara, mas, ao que tudo indica, Fernando Nogueira fica com o melhor prato neste banquete.

PREFERÊNCIA DOS INTERNAUTAS

Enquete não tem a força de pesquisa eleitoral, que obedece a critérios científicos. Naquela, escolhe-se pela emoção. Seu valor, portanto, é relativo, mas pode inferir uma realidade que só se alcançará nas eleições municipais deste ano.

Agradeço os 875 amigos internautas que participaram da enquete que propusemos sobre o melhor vereador de Pinda. O resultado final é este, por ordem decrescente de preferência:

Ricardo Piorino (PDT) – 289 votos
Dr. Marcos Aurélio (DEM) – 227 votos
Alexandre Faria (PT) – 106 votos
Dona Geni (PPS) – 77 votos
Dr. Isael Domingues (PV) – 64 votos
Janio Lerario (PSDB) – 42 votos
Cal (PTB) – 26 votos
Abdala (PSDB) – 16 votos
Toninho da Farmácia (PDT) - 12 votos
Martim Cesar (DEM) - 9 votos
Jair Roma (PPS) - 7 votos