Páginas

quinta-feira, 15 de março de 2012

PEIXOTO NÃO É PEIXOTO. VEREADOR PREFERE APOIAR ADAIR LOREDO

Na tarde de terça-feira (13/03), em pleno expediente, o prefeito canastrão reuniu assessores de terceiro escalão no Parque do Itaim para dar um ultimato: quem não apoiar a candidatura de Anthero Mendes Pereira para a sucessão municipal pelo PMDB pode começar a arrumar as malas e procurar outro emprego.

Nem o vereador Carlos Peixoto, sobrinho do prefeito Roberto Peixoto, apoia o candidato escolhido pelo tio para disputar as eleições municipais de outubro.

A comissão provisória do diretório municipal, composta pelo vereador Ary Filho (presidente), Julieta Kara José, Carlos Peixoto, Heitor Reis e David do Amaral Montoani deve apoiar Adair Loredo, a contragosto do prefeito canastrão.

O vereador Alexandre Villela já teria decidido apoiar Loredo. Chico Saad, para variar, diz que acompanha a maioria.

Os fatos:

Com os nervos a flor da pele por questões outras, como o inquérito da Polícia Federal que poderá afastá-lo do cargo ainda neste semestre, Peixoto quer ganhar no grito o apoio dos funcionários nomeados a Anthero Mendes Pereira.

Como se não bastasse reunir funcionários de terceiro escalão para discutir sucessão municipal no meio da tarde de um dia normal de trabalho para esbravejar e ameaçar com demissão quem não o acompanhar politicamente, o canastrão deu para atacar em outras frentes.

Literalmente, Peixoto altercou com o repórter do jornal Contato, Marcos Limão, expulsando-o do recinto e ameaçando-o fisicamente, tal qual um galinho de briga.

Notem que tudo aconteceu na tarde de terça-feira, em pleno expediente.

Abaixo, o relato postado no blog do Contato (www.blog.jornalcontato.com.br) na quarta-feira (14/03), fala por si.

Nervosinho, Peixoto ameaça o corajoso repórter Marcos Limão, do Contato
“A capa da edição de hoje, dia 14, do jornal Diário de Taubaté exibe uma NOTA OFICIAL do Palácio Bom Conselho sobre uma reunião do prefeito Roberto Peixoto (PMDB) com os comissionados da Prefeitura de Taubaté. Nela, alega que o repórter do CONTATO, Marcos Limão, "invadiu" o local da reunião, realizada no Parque Itaim (um local público, diga-se de passagem) na tarde de terça-feira, dia 13. O mesmo comunicado apresenta a versão de que o prefeito fazia uma "reunião de trabalho com diversos diretores e assessores". É a versão palaciana dos fatos.

Na verdade, CONTATO tinha a informação que o prefeito fazia uma reunião partidária em pleno horário de expediente com funcionários da Prefeitura. E fez o flagrante. O prefeito teria a pretensão de mobilizar os peemedebistas que estão na folha de pagamento da Prefeitura para apoiar a indicação Anthero Mendes Pereira Júnior para ser o candidato do PMDB em 2012. Pereira Júnior disputa com Adair Loredo a indicação para ser candidato a prefeito. Horas mais tarde, na noite de terça-feira, o PMDB realizaria uma reunião para indicar o candidato do partido para as eleições municipais em 2012.

Flagrado, Roberto Peixoto (PMDB) ficou nervoso, tentou ir pra cima do repórter do CONTATO e foi contido pelo funcionário da Prefeitura. Todos os detalhes na próxima edição do CONTATO. Fotos Marcos Limão”.