Páginas

sexta-feira, 13 de abril de 2012

FERNANDO NOGUEIRA COMPRA BRIGA DA FILHA E REPRESENTA CONTRA PIORINO

O ex-presidente do PMDB de Pindamonhangaba, Fernando Nogueira, comprou a briga da filha, a vice-prefeita Myriam Alckmin (PPS), e representou contra o vereador Ricardo Piorino (PDT), presidente da Câmara de Vereadores, no Ministério Público do município.

Caso o Ministério Público da Cidadania de Pindamonhangaba aceite a representação, a dor de cabeça de Piorino tende a aumentar.

Piorino trocou o PPS pelo PDT após desavenças com o prefeito João Ribeiro (PPS), por conta do inquérito que apurava possíveis casos de corrupção no município que o MP estava investigando.

O resultado parcial foi o bloqueio dos bens do prefeito João Ribeiro, do lobista Paulo Ribeiro (cunhado do governador Geraldo Alckmin), do ex-secretário de Finanças Silvio Serrano e mais uma penca de envolvidos.

Piorino e Myriam brigam na Justiça. Na condição do diretório municipal do PPS, a vice-prefeita entrou na Justiça Eleitoral pedindo o cargo do vereador Ricardo Piorino por infidelidade partidária, o que é previsto em lei.

A irritação de Fernando Nogueira, que nunca pertenceu ao PPS, foi a utilização da Tribuna da Câmara pelo vereador para desancar sua filha, a vice-prefeita Myriam Alckmin.

Na qualidade de um dos formuladores do Regimento Interno da Câmara Municipal de Pindamonhangaba, do qual é profundo conhecedor, Fernando Nogueira recorreu ao Ministério Público para denunciar Ricardo Piorino por má fé.

Piorino, segundo a denúncia de Fernando Nogueira, usou a Tribuna da Câmara para rebater a vice-prefeita Myriam Alckmin por denunciá-lo à Justiça Eleitoral e pedir seu cargo de volta para o PPS.

Na representação contra Piorino, Fernando Nogueira destaca trechos da fala do vereador e afirma que a inclusão de Myriam Alckmin no polo passivo da comissão processante em andamento na Câmara Municipal é ilegal.


O ex-presidente do PMDB de Pindamonhangaba deverá panfletar a cidade com a sinopse que reproduzo abaixo:


MÁ CONDUTA DO PRESIDENTE DA CÂMARA
VEREADOR RICARDO PIORINO

Contaminado pelo ódio e embebido de sentimentos recalcados, o Presidente da Câmara Vereador Ricardo Piorino transformou o Plenário da Câmara em palco do ódio e da vingança.

Na TENTATIVA de desestabilizar a Vice-prefeita, Myriam Alckmin, provável candidata a prefeita de Pindamonhangaba, o tresloucado vereador num vituperante discurso, abusando do Poder, agindo de MÁ FÉ, violando o Regimento Interno da Câmara, desrespeitando seus colegas vereadores, induzindo-os ao erro, incitando a imprensa a divulgar fatos distorcidos e outras atitudes próprias de Déspota, o Presidente da Câmara Vereador Ricardo Piorino protagonizou uma cena teratogênica utilizando-se do Plenário da Câmara que é sustentada por dinheiro público para praticar Atos de Improbidade.

Não bastasse VIOLAR as regras da Casa de Leis, os impropérios lançados pelo vereador, definem bem seu mau caráter ou desequilíbrio mental.

Dentre tantas verborragias, o vereador pronunciou a seguinte frase:

O vereador que não está compromissado com a verdade, fica em casa, vai ajudar a mulher a cozinhar.

Quanto a afirmativa do vereador, faço dois comentários:

1º- A mulher, além de cozinhar é também competente para ser Vereadora, Vice-prefeita, Prefeita, Deputada, Ministra, Governadora e até Presidente da República. Portanto Sr. Ricardo Piorino, respeite a mulher!

2º- Se quiser levar ao “pé da letra” suas palavras, ponha um avental e vá cozinhar.

Outro fato gravíssimo praticado pelo Presidente da Câmara Vereador Ricardo Piorino.

Embebedado pelo poder, o senhor Ricardo Piorino disse:

“O PREFEITO VAI TER QUE COMER NA MINHA MÃO”

Isso minha gente, extrapola os limites da tolerância. É de causar aversão em qualquer Pindamonhangabense, pois torna o Prefeito refém do Presidente da Câmara. Isso é chantagem!

Tal fato nos leva a algumas indagações:

Tem o Presidente da Câmara alguma “carta na manga” que complicaria a vida e o mandato do Prefeito?

Tem o Presidente da Câmara domínio e poder absoluto sobre a bancada oposicionista na Câmara?

Tem o Presidente da Câmara algum acordo espúrio com o Prefeito?

Se o administrador da cidade, o Prefeito, está sendo chantageado pelo Presidente da Câmara, ele, Ricardo Piorino, está gerando uma Instabilidade Institucional, tornando-se desta forma, uma pessoa perigosa para Pindamonhangaba.

Pindamonhangaba, abril de 2012.

Fernando Nogueira

PS: Sobre os fatos narrados e outras questões, já denunciei ao Ministério Público com mais detalhamento.