Páginas

terça-feira, 3 de abril de 2012

NOVOS CARAS PINTADAS: O PRIMEIRO PROTESTO A GENTE NUNCA ESQUECE

Cerca de 300 alunos participaram nesta terça-feira (03/04) de uma marcha-protesto contra a falta de segurança nas escolas públicas de Taubaté.

Foi o primeiro protesto político de muitos daqueles meninos. Não se tratava de política partidária. O que estava em xeque era a política de segurança pública, que não existe em Taubaté.

Os meninos, estudantes do Centro Educacional Paula Souza, marcharam da escola, na Vila São José, passaram pela Avenida Faria Lima e pararam em frente à Prefeitura.

Os novos caras-pintadas portavam cartazes e cobravam das autoridades segurança pública. O constrangido secretário e Segurança Pública de Taubté, Tenente Orlando de Lima, foi obrigado a atender os garotos.

O que os jovens estudantes pedem segurança na porta da escola. Uma aluna do Paula Souza foi vítima de tentativa de assalto e chegou na escola toda machucada.

O Tenente Orlando disse que colocará a guarda municipal de prontidão nas portas das escolas.

A resposta do secretário de Segurança Pública de Taubaté pode ser considerada um escárnio.

Taubaté não tem política segurança. Tem ordem unida para os pobres guardas municipais na Praça Santa Terezinha.

O Tenente Orlando deve ter sido um bom militar. Sempre risonho, aparenta estar de bem com a vida. Sua afabilidade o levou à Câmara Municipal como vereador e, agora, à Secretaria de Segurança Pública de Taubaté.

Os caras-pintadas taubateanas não querem discurso, Tenente Orlando, querem ação e ação em sua Pasta não existe.

Se o senhor aceita um conselho, esqueça a ordem unida – guarda municipal não é militar. Eles precisam é de salário melhor e condições efetivas para exercer bem seu trabalho preventivo.

Estudantes cobram do secretário de Segurança Tenente Orlando de Lima ação real que garanta tranquilidade a todos...

... em protesto que reuniu cerca de 300 estudantes em frente ao Palácio do Bom Conselho. Faltam ações de segurança.