Páginas

quinta-feira, 10 de maio de 2012

BOMBAS DEVEM EXPLODIR EM TAUBATÉ ANTES DAS FESTAS JUNINAS CHEGAREM

Todo taubateano que ama esta urbe quase quatrocentona deve acionar seus radares e ficar atento às notícias que deverão vir à tona ainda este mês.

Elas terão o condão de mudar indelevelmente o futuro político da Terra de Lobato, Mazzaropi, Campello, Teixeira e tantas outros que enobrecem esta cidade, mãe de todas as cidades da região valeparaibana.

Tremei, políticos! Tremei, homens desonestos!

Breve veremos a Justiça triunfar para regozijo desta sofrida população que a tantos escândalos de corrupção assiste e aguarda pacientemente a punição dos culpados.

Fiquem atentos às próximas matérias que serão divulgadas pela rádio, pelos jornais e pela televisão.

Não sobrará pedra sobre pedra. Máscaras cairão e os ímprobos serão desnudados frente a cidadãos sedentos por Justiça.

Os eleitores saberão, enfim, por quem estão sendo enganados há tanto tempo.

Na Câmara Municipal, vereadores com a ficha suja creem que poderão driblar a Justiça Eleitoral e se candidatar à reeleição.

Os próximos trinta dias devem abalar os crédulos e os incautos.

Reputações de homens públicos poderão ser demolidas e veremos que poucos são, de fato, probos e ilibados.

A vida política de Taubaté não será a mesma a partir de junho, quando emergir do lamaçal em que chafurdam os porcos as denúncias de corrupção, compra de consciências políticas, envolvimentos criminosos e todo tipo de falcatruas a que não estamos acostumados.

Portanto, porcos, corruptos e salafrários, tremei! O fim de vocês está próximo.

RECADO/PEDIDO AOS JOVENS

As denúncias de corrupção a partir de escutas telefônicas feitas pela PF, que flagraram o senador Demóstenes Torres (DEM), o jornalista Policarpo Júnior (VEJA) e o bicheiro Carlinhos Cachoeira fabricando crises, é um retrato ampliado do que ocorre em Taubaté.

Em Goiás, administrada pelo governador tucano Marconi Perillo (PSDB), os jovens estão indo às ruas protestar.

O crime organizado que domina juízes, políticos e jornalistas em Brasília, no Distrito Federal, no Rio e em São Paulo, é o mesmo que atua em Taubaté, com outros personagens.

O crime organizado envolve o Poder Judiciário, o Poder Legislativo e os meios de comunicação.

Façam uma reflexão sobre a absolvição do prefeito canastrão.

Lembram-se das decisões do judiciário e do parlamento municipal?

Convoco, pois, os jovens a repudiarem o crime organizado instalado em Taubaté.

Mostrem que o futuro será muito melhor quando vocês assumirem o comando desta urbe e extirparem o câncer do crime organizado que nos domina sem que percebamos.

Vejam com atenção os vídeos abaixo:

Aqui a tentativa da PM do governador tucano Geraldo Alckmin de impedir a livre manifestação de jovens paulistanos contra a revista VEJA


Aqui o protesto de estudantes taubateanos contra a insegurança.
Que tal repetir a dose? Protestem por mudança na política local