Páginas

quinta-feira, 24 de maio de 2012

JUVENTUDE PARTICIPATIVA APOIA MARCELO VAQUELI PARA PREFEITO DE TREMEMBÉ

Participei de interessante reunião na noite de terça-feira (22/05) em Tremembé, na residência de um dos jovens que estão formando um movimento de apoio ao pré-candidato do PSB a prefeito do município, Marcelo Vaqueli.

Com a saída de cena do PMDB, que pretendia lançar Antonio Roberto Paollichi candidato a prefeito do município, muita coisa mudou.

O ex-prefeito e ex-vereador Antonio Carlos Ferreira – Metralha, deixou o PMDB após a morte do ex-governador Orestes Quércia. Desiludiu-se com os rumos tomados pelo partido desde então.

Marcelo Vaqueli recebe apoio de jovens eleitores tremembeenses
Metralha apoia a candidatura de Marcelo Vaqueli a prefeito de Tremembé. O ex-prefeito Júlio Otani também decidiu apoiar Vaqueli, cuja candidatura vai ganhando musculatura.

Marcelo Vaqueli sustenta sua candidatura com base numa surpreendente coligação liderada pelo PSB, que reúne 14 partidos: PR, PDT, PSD, PSB. DEM, PRP, PTC, PC do B, PTN, PP, PPS, PHS E PPL.

Com a força destes partidos e os 108 pré-candidatos da coligação a vereador, Vaqueli tem tudo para emplacar nas eleições municipais de outubro.

Animado, Vaqueli diz que tem pelo menos um candidato a vereador em cada bairro de Tremembé, o que aumentaria suas chances eleitorais.

A campanha em Tremembé é baseada nos comícios e visitas de casa em casa. A cidade não possui rádio ou TV. Portanto, não há horário eleitoral gratuito, o que torna a campanha mais emocionante, mais corpo-a-corpo com o eleitor.

Sem Metralha no partido, o PMDB perdeu força em Tremembé.

Paollichi, sem ser filiado ao partido, chegou a presidir o PMDB de Tremembé recentemente, na reformulação regional pretendida pelo ex-deputado Ary Kara José.

Por essas e outras o partido perdeu fôlego.

Lúcio  Varejão (PSDB) estaria fora da disputa.

Resta o medico Cláudio Manfredini.

A entrada da juventude em cena, apoiando Marcelo Vaqueli, mostra que os jovens querem ser protagonistas nestas eleições.

O fenômeno está acontecendo em todo o Brasil e se acentua cada vez mais.

Tremembé não é diferente dos outros municípios.

Dos jovens com os quais conversei, quanto serão, brevemente, vereadores em Tremembé?

Um deles será, com certeza.

Após a reunião, fui fotografado com os jovens apoiadores da campanha de Marcelo Vaqueli à prefeito de Tremembé