Páginas

sexta-feira, 11 de maio de 2012

O PAVIO É LONGO E VAI DEMORAR UM POUCO ATÉ EXPLODIR A BOMBA

O deputado estadual Alencar Santana (PT) deve protocolar nos próximos dias representação contra a FDE (Fundação para o Desenvolvimento Escolar) e seu presidente, o ex-prefeito de Taubaté José Bernardo Ortiz.

Deputado Alencar Santana (PT) deve representar contra Bernardo Ortiz
A denúncia recebida pelo parlamentar na tarde de quinta-feira (10/05) faz referência ao processo licitatório na modalidade pregão eletrônico para compra de mochilas para a rede estadual de ensino.

Dia 15 de março deste ano o advogado José Eduardo Bello Visentin protocolou na presidência da FDE documento contendo denúncias de vício na licitação e suposta formação de cartel.

O documento assinado pelo advogado tem firma reconhecida pelo 39º Cartório de Registro Civil da capital com data de 3 de agosto 2011

Nele há também autenticação de cópia reprográfica (xerox) do 2º Tabelião de Notas de Pindamonhangaba, com data de 29 de fevereiro deste ano.

É o seguinte:

O advogado registrou suas previsões em cartório em 3 de agosto de 2011, durante o certame licitatório 081101080462011OC00213.

Dia 29 de fevereiro deste ano alguém tira xerox do documento e o autentica em Pindamonhangaba.

No dia 14 de março o tal documento é protocolado na presidência da FDE.

Nesta quinta-feira (10/05), farta documentação é encaminhada ao deputado Alencar Santana, apontando as possíveis irregularidades no certame.

O parlamentar agiu rápido. Checou as primeiras informações e constatou que a licitação das mochilas escolares custou aos cofres públicos R$ 104 milhões.

No meio do papelório há a reprodução de um interessante diálogo no chat do Yahoo envolvendo personagens conhecidos dos taubateanos e deste blog

Com os documentos que tem em mãos, o deputado Alencar Santana começa a levantar as denúncias e pretende representar contra José Bernardo Ortiz até a próxima semana.

Abaixo, o protocolo do documento na FDE e parte do documento assinado pelo advogado José Eduardo Bello Visentin.

O pavio está aceso. A bomba pode explodir a qualquer momento.


Se cuidem, corruptos!