Páginas

sábado, 23 de junho de 2012

BRUM RECEBE, MERECIDAMENTE,
TÍTULO DE CIDADÃO TAUBATEANO

O professor e sociólogo Celso Brum recebeu na noite de sexta-feira (22/06), na Câmara Municipal, o merecido título de Cidadão Taubateano, por iniciativa do vereador Carlos Peixoto.

Brum nasceu no Estado do Rio de Janeiro. Em Taubaté, para onde veio ainda criança, formou-se na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Taubaté, embrião d Universidade de Taubaté, onde foi professor de Sociologia em vários departamentos.

Celso Brum discursa na noite em que se tornou cidadão taubateano
Pelo menos uma dezena de ex-vereadores, que conviveram com Celso Brum na Câmara Municipal, onde exerceu mandato pelo antigo MDB, prestigiaram a solenidade, dando emoção ao evento pelo feliz reencontro de velhos amigos.

Discursando de improviso, Celso Brum memorizou sua meninice, sua juventude, sua militância política e atividades desenvolvidas como parlamentar.

Lembrou o esforço do ex-prefeito Jaures Guisard para a criação da Unitau. Falou sobre Guido Miné, considerado por ele o melhor prefeito da história quase quatrocentona de Taubaté.

As reminiscências de Celso Brum, para melhor compreensão dos ouvintes, foram condensadas num hipotético desfile de fantasmas na rua Dr. Pedro Costa.

Sem veleidade, o professor foi brilhante ao descrever a forma como revia seus fantasmas. Celso Brum parecia estar sonhando de olhos abertos.

Falou de ex-professores, das aulas de latim que teve com o professor Sebastião Bonato, dos amigos que fez na política, dos padres e bispos com os quais conviveu.

À frente do desfile estava seu pai, a quem prestou uma homenagem especial e de reconhecimento a um homem que nem o curso primário completo havia feito, mas era capaz de traduzir para o português textos escritos em inglês, como autodidata.

Homem que era capaz de consertar um ferro elétrico e atender à vizinhança com receitas homeopáticas para a cura de doenças.

Celso Brum tem história para contar, e a contou com orgulho de seu passado de homem correto que é e que ajudou a construir a Taubaté que hoje habitamos.

Os amigos se fizeram presentes. Foi legal ver antigos vereadores na homenagem a Celso Brum, pois cada um deles deu sua contribuição para o desenvolvimento desta cidade que acolhe definitivamente seu filho fluminense.

Atrás: Benedito Correa Leite, Guido Salles Jr, Antonio Carlos Rieiro e Wilson Fim. Na frente: Coronel Cezario, Celso Brum (diplomado cidadão taubateano), Celinha Marques, José Luiz da Silva, Miguel Lopes Figueira e Chico Negrini