Páginas

quarta-feira, 18 de julho de 2012

LUCIANA PEIXOTO DEIXA O PMDB

Os ratos começam a abandonar o navio. Acabo de receber a informação que a primeira-dama Luciana Peixoto se desligou do PMDB. Agora falta o prefeito canastrão anunciar sua saída do partido.

Luciana Peixoto perde a queda de braço que disputava com Ary Kara, coordenador regional do PMDB, pela hegemonia dentro do partido em Taubaté

Sempre disse que Ary Kara não perderia a disputa interna.

Luciana não tem o poder da caneta, que ainda está nas mãos do marido canastrão, prefeito desta urbe quase quatrocentona.

Luciana Peixoto e abraçada efusivamente ao deixar a cadeia da PF em SP
A saída de Luciana anuncia o fim de sua carreira política, o mesmo fim que terá Roberto Peixoto: o ostracismo e o lixo histórico da política taubateana no primeiro decênio do século XXI.

Ary Kara não conseguiu indicar seu preferido, Adair Loredo. Em compensação, Luciana teve que assistir seu protegido, Anthero Mendes Pereira Filho, correr atrás de apoio para ser candidato a prefeito e naufragar dois dias antes da convenção.

O enredo da desfiliação do casal Peixoto está sendo cumprido à risca. Hoje foi Luciana Peixoto. A notícia será explorada pelo PT, não resta dúvida.

Agora é aguardar quando Roberto Peixoto anunciará sua desfiliação do PMDB.

Lu Peixoto está desesperada. O poder lhe escorrer entre os dedos como água.

Em poucos meses um casal de zumbis habitará entre nós.