Páginas

segunda-feira, 30 de julho de 2012

VOCÊ ESQUECE O QUE POSTOU NO
FACE HÁ 10 MINUTOS, MENOS O PC

O elefante tem a melhor memória do mundo. Tinha, até surgir o computador. Essa engenhoca tecnológica revolucionou o mundo das comunicações. Pense em uma palavra ou numa pequena frase e a digite no Google.

Em alguns segundos você terá à sua disposição um caminhão de informações relacionadas à sua pesquisa. O mesmo vale para o Facebook, esta ferramenta com mais de um bilhão de usuários em todo o mundo.

O que você escreveu no Face está lá. Não importa se foi hoje, há alguns dias ou há alguns anos. A rede social mais utilizada no Ocidente tem tudo guardado.

Para o bem ou para o mal, tudo o que você registrou nesta ferramenta fica guardado.

Outro dia recuperei, sem querer, uma conversa que tive com uma conhecida há mais de três meses. Não sei como recuperei, mas recuperei.

Ainda bem que não havia escrito nenhuma besteira.

O preâmbulo se faz necessário nesta postagem.

Como faço todos os dias, acesso o grupo Blog do Irani Lima no Facebook para ler as opiniões dos amigos que fazem parte do grupo e para as minhas próprias postagens do blog www.iranilima.com.

Um internauta copiou mensagens escritas no início do ano por integrantes do grupo Taubaté de Peixoto no Facebook e me enviou por email.

São opiniões contraditórias.

Para os eleitores desavisados, fica a impressão que as broncas em Ortiz Júnior, postadas em fevereiro deste ano, são produto da revolta de internautas com a platitude do tucano.

Como os leitores hão de recordar, cobrado veementemente por um eleitor, Ortiz Junior disse que não sabia da sessão de Câmara proposta por vereador de seu partido, Rodrigo Luís Silva – Digão.

Nesta sessão, foi pedida a instalação de comissão processante para apurar denúncias de pagamentos irregulares que teriam sido feitos por Peixoto à Home Care após o encerramento do contrato entre as partes.

Ortiz Júnior saiu pela tangente, mas não deixou de levar uma carraspana.

Pelo jeito foi tudo encenação, teatro burlesco.

Quem o criticou em fevereiro deste agora declara voto no tucano, pois considera Ortiz Júnior o melhor entre todos os candidatos.

Os tucanos atribuem as denúncias postadas contra Bernardo Ortiz neste blog a meras ilações de seu autor.

Deixo aqui perguntas que precisam ser respondidas:

Em qual empresa privada trabalhou o candidato tucano? Não vale empresa em que foi sócio.

Quantos empregos públicos teve Ortiz Júnior? Só o na Prefeitura de Taubaté de onde foi demitido por improdutividade? Teve outro? Qual?

Milhares de taubateano comem o pão que o diabo amassa para pagar sua faculdade. Outros milhares desistem porque não conseguem pagar a universidade.

Ortiz Júnior fez faculdade de Direito e de História, ambas na Unitau. Teria ele pagado pelos cursos ou foi bolsista?

Se foi bolsista, significa que nós taubateanos sustentamos os estudos de quem não precisa.

A única empresa que Ortiz Júnior dirigiu (Instituto Gondwana) provocou a rejeição das contas da Prefeitura de São José do Barreiro e um prejuízo de R$ 44 mil para o ex-prefeito Paulo Roberto do Prado pagar.

Será mesmo Ortiz Júnior o melhor candidato a prefeito desta urbe?