Páginas

sábado, 27 de outubro de 2012

CHEGOU A HORA DA VERDADE.
QUEM O TAUBATEANO ELEGERÁ

Pela primeira vez o próximo prefeito de Taubaté será escolhido em segundo turno. Isaac do Carmo (PT) e Ortiz Júnior (PSDB) são os litigantes. O eleitor taubateano tirou da disputa o deputado estadual Padre Afonso (PV), o vereador Mário Ortiz (PSD) e Janis de Andrade (PSOL).

Nos últimos dias, Mário Ortiz declarou apoio a Ortiz Júnior, para decepção de seus eleitores, que nele votaram no primeiro turno.acreditando em suas propostas.

O jornalista e escritor Carlos Karnas, que foi assessor de Mário Ortiz quando este foi prefeito de Taubaté, escreveu um artigo pungente sobre a escolha do vereador para o segundo turno no qual demonstra sua decepção e estupefação com a decisão.

O artigo de Karnas pode ser lido aqui..

Agora chegou a  vez de o deputado Padre Afonso, igualmente, declarar apoio ao tucano.

Padre Afonso sucumbiu à pressão do governador tucano Geraldo Alckmin em troca de uns poucos cargos no governo estadual e pelo direito de indicar verbas para instituições do Vale do Paraíba ou haveria algo de podre nesta conversa que não conhecemos?

Não resta dúvida para o eleitor taubateano que a carreira política de Mário Ortiz se encerrou nesta eleição.

Padre Afonso ainda poderá desfrutar de dois anos na Assembleia Legislativa, sob o jugo do governo do Estado, sem voz para protestar ou exigir benefícios para a região metropolitana do Vale do Paraíba.

O melhor que o padre-deputado poderá fazer para si e para os taubateanos e trocar o terno pela batina e voltar a celebrar missa.

RETROSPECTO

O retrospecto do tucano Ortiz Júnior nos últimos 365 dias é de a a inveja aos mensaleiros que estão sendo condenados pelo STF – a maioria sem provas, diga-se.

É do conhecimento de todos que Ortiz pai e Ortiz Júnior estão com os bens bloqueados pela Justiça por improbidade administrativa.

O taubateano  assistiu a mais milionária campanha de um candidato a prefeito de Taubaté. Banners, jornais, filipetas, um exército de 500 pessoas trabalhando diuturnamente o nome do candidato nas ruas da cidadede.

Como o tucano Ortiz Júnior vai pagar a conta se é proprietário de apenas três casinhas de R$ 15 mil cada uma e ainda por cima está com seus bens bloqueados?

Há um ano este blog vem denunciando Ortiz Júnior.

O tucano nunca me respondeu nem ameaçou processar-me porque sabe que minhas postagens se comprovavam com documentos.

Seus lacaios, no entanto, me lançavam impropérios de toda sorte para desqualificar o que estava sendo denunciado.

Vamos aos fatos:

No dia 21 de outubro de 2011 – há um ano, portanto – postei fotos e um texto sobre uma reunião de Ortiz Júnior com o empresário Djalma Santo no restaurante Frango Assado de Taubaté, na pista Rio-SP da Via Dutra.

A matéria pode ser lida aqui.

Em maio deste ano denunciei, baseado em documentos, que Ortiz pai havia ignorado  formação de um cartel para vender 4 milhões de mochilas à FDE por R$ 40 milhões.

A postagem é do dia 16 de maio (leia aqui). Nela está contida a representação do PT que deu origem ao bloqueio dos bens de Ortiz pai e Ortiz Júnior.

As denúncias contra a dupla e engnadores pululavam, mas os órgãos de imprensa de Taubaté e região não se interessaram pelo assunto. As mentiras ditas pelo Goebbels taubateano foi o que restou.

Depois vieram a matéria da IstoÉ denunciando o esquema de propina coordenado por Ortiz Júnior para amealhar recursos para sua milionária campanha a prefeito de Taubaté e, finalmente, o bloqueio dos bens da dupla de malfeitores e a emissão de Ortiz da FDE.

Eleitor taubateano. A responsabilidade de eleger o próximo ocupante do Palácio do Bom  Conselho é sua.

O futuro de Taubaté está em suas mãos.

Não fuja de sua responsabilidade.

Taubaté precisa de você. Pense bem em quem voê votará.