Páginas

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

DISSIMULADO, ORTIZ JR TRAI
SEUS MAIS FIÉIS SEGUIDORES

Bernardo Ortiz e Ortiz Júnior não são diferentes de Peixoto: os três estão envolvidos em casos de improbidade administrativa até o pescoço. O trio tem o DNA da corrupção nas veias.

O caso de Ortiz Júnior não guarda nenhuma semelhança com o do prefeito canastrão.

Enquanto os seguidores de Ortiz Júnior não devam trégua para Peixoto após as denúncias feitas por Fernando Gigli, ex-chefe-de-gabinete, ao Gaeco, embora não houvesse nenhum documento que a comprovasse, esperava-se que Peixoto fosse cassado.

Enquanto a Comissão Processante  da Câmara, presidida brilhantemente pela vereadora Pollyana Gama, lutava para demonstrar a culpabilidade de Peixoto, o prefeito canastrão passava um temporada no xilindró da Polícia Federal.

Nada disso sensibilizou seis vereadores. Peixoto não foi cassado.

Os tucanos taubateanos acreditavam que o caminho para a possível eleição de Ortiz Júnior estava sendo devidamente pavimentada.

Não contavam com o terremoto que abalaria a candidatura tucana. Não contavam que fossem por quem consideravam ungido. Bernardo Ortiz seu filho Ortiz Júnior não passam de dois reles traidores do povo taubateano.

O carrapatão e o carrapatinho do poder sempre sugaram as tetas públicas, mas a mamata está acabando.

Saiba porquê:

1)    O MP de São Paulo pegou Ortiz Júnior com a boca na botija e uma mochila recheada de propina.
2)    Bernardo Ortiz, o carrapato do poder que enganou os taubateanos nos últimos trinta anos, foi demitido da FDE pelo seu grande protetor, o governador Geraldo Alckmin.
3)    A Justiça mandou bloquear os bens da dupla de malfeitores.
4)    O MP Eleitoral de Taubaté está investigando o caso com base nas apurações feitas pelo MP de São Paulo.
5)    Pessoas serão ouvidas em Taubaté sobre o caso e elas contarão o que sabem, sem tirar nem por.
6)    Ortiz Júnior, você não terá dificuldade para encontrar algum advogado que faça sua defesa.
7)    Apesar dos bens bloqueados, você pode encontrar algum amigo que o defenda fiado. Você pode vender uma de suas casas de R$ 15 mil e pagar a dívida depois.

Ortiz Júnior não está indefeso. A situação do tucano que é indefensável.

Aló, alô, tucanos. Quando era no do Peixoto era refresco. E agora, está ardendo no de vocês?