Páginas

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

COMITÊ DA FAXINA ATUA NA FDE

Nomeado pelo governador Geraldo Alckmin para apagar o incêndio deixado por José Bernardo Ortiz na FDE (Fundação para a Educação Escolar), o secretário da Educação Herman Jacobus Cornelis Voorwald acionou seu comitê da faxina para promover exonerações no órgão.

Foram exonerados Álvaro Rogério Veiga Garcia (diretor administrativo e financeiro) e José Arlindo Marcondes César (diretor de obras). A notícia das demissões foi vazada na noite desta terça-feira (27/11).

Álvaro Rogério é um velho conhecido de Bernardo Ortiz, com quem trabalhou no DAEE e na Codasp.

José Arlindo foi aluno de Bernardo Ortiz nos anos 1970 na escola de engenharia de Taubaté. Amigo do senador tucano Aloysio Nunes, do grupo de José Serra, e de Paulo Vieira de Souza (Paulo Preto), foi nomeado para a FDE por Bernardo Ortiz.

Foi José Arlindo quem apresentou Cláudio Francisco Falotico (Papai Noel) a Ortiz Júnior, que interferiu diretamente na nomeação daquele que viria a ser um dos principais articuladores da aproximação de Ortiz Júnior com empresas fornecedoras da FDE.

As demissões estão diretamente ligadas aos escândalos denunciados pelo Ministério Público e o afastamento de José Bernardo Ortiz da presidência do órgão - o parque de diversões dos tucanos.

O Comitê da Faxina de Taubaté não caça tucano. Prefere triturar adversários políticos a fazer a limpeza política que a cidade anseia e precisa.