Páginas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

JUSTIÇA MANTÉM ESTE BLOG NO AR,
APESAR DA "TRANSPARÊNCIA TAUBATÉ"

A advogada Hélcia Freire entrou com ação inominada na 2ª Vara Civil de Taubaté contra este blogueiro, em nome de Regina Márcia Prata Soldi de Carvalho Konkowiski, uma das integrantes do grupo Taubaté de Peixoto.

Regina Márcia se sentiu ofendida por uma postagem em que sua devoção ao chefe Joffre Neto (assim tratado por ela) fora ironizada neste blog (leia aqui).

Na ação, a cajazeira narra a ofensa que eu teria feito à sua pessoa. Não cita nenhuma das injúrias e calúnias proferidas por ela no grupo Taubaté de Peixoto a este blogueiro e a outras pessoas por simplesmente discordavam de suas idéias doentias.

A cajazeira chegou a publicar um link do provedor Google, que hospeda este blog, sugerindo que fossemos denunciados, pois seu autor teria sido hackeado.

Tamanha boçalidade foi solenemente ignorada pelos internautas.

O grupo Transparência Taubaté, do qual a advogada Hélcia Freire e Regina Márcia são membros, ficou inconformado quando redigimos um comentário crítico à postura do vereador eleito Joffre Neto (PSB), que concede o benefício da dúvida a Ortiz Júnior (PSDB) e condena o prefeito Roberto Peixoto, ambos acusados de corrupção.

A parcialidade do grupo Transparência Taubaté nas questões envolvendo Peixoto e Ortiz Júnior, sempre favoráveis a este, foi o que motivou a crítica.

As contradições de Joffre Neto publicada neste blog foi o estopim para a guerra que se estabeleceu a seguir. Os transparentes tomaram as dores do chefe e partiram para o ataque contra este blog.

O processo 625.01.2012.028909/8-0, nº de ordem 1325/12, foi autuado sexta-feira (23/11), na 2ª Vara Cível de Taubaté.

Nesta segunda-feira (26/11), o juiz João Carlos Germano proferiu o despacho interlocutório publicado abaixo, negando a suspensão do blog Irani Lima (www.iranilima.com) e do grupo social Blog do Irani Lima, no Facebook.

O processo ainda não está encerrado.

AQUI, O DESPACHO DO JUIZ JOÃO CARLOS GERMANO