Páginas

sábado, 23 de fevereiro de 2013

MAIS UMA DA ABC

SILVIO PRADO, PROFESSOR

Por lei, a ABC Transportes Coletivos deve fornecer uma carteirinha autorizando pessoas maiores de 60 anos a usar gratuitamente das linhas de transporte coletivo que opera na cidade.

Porém, a empresa, segundo seu péssimo padrão de atendimento, finge que cumpre a lei conforme os interesses dos que completaram sessenta anos. Finge, mas só bobo e desavisado acreditam. Por quê?

Primeiro: a Abc, para criar dificuldades aos interessados no serviço prometido exige que o contribuinte vá até a sua garagem, tire uma senha, suporte uma fila e, se der sorte, consiga o que deseja.

Segundo: a garagem da empresa fica na periferia da cidade, ou seja, no distante bairro da Santa Fé, lugar de difícil acesso para mais de noventa por cento dos interessados.

Terceiro: a “dona” do transporte coletivo da cidade estipula que a tal carteirinha deve ser tirada apenas na sexta-feira. Em qualquer outro dia o serviço não funciona. Não adianta nem insistir.

Quarto: quem for ao local, na sexta-feira de manhã, terá de ter muita sorte para voltar com o bendita carteirinha, pois nesse período, apenas vinte felizardos podem ter acesso a ela. Se não der pela manhã, a empresa, fingindo ser boazinha, distribui mais trinta carteirinhas no período da tarde. Muita gente idosa, em qualquer dos períodos, dá uma pernada à toa até o distante bairro da Santa Fé e não consegue nada durante semanas seguidas.

Conclusão: mais uma vez, o taubateano rala nas mãos da empresa que monopoliza o transporte coletivo taubateano.

No entanto, quando interessa ela monta seus serviços onde o cidadão pode usufruir deles com facilidade. Por exemplo: para comprar passes qualquer um chega com facilidade aos guichês da empresa instalados na Rodoviária Velha.

Ali, num local razoavelmente confortável, pelo menos cinco funcionários estão disponíveis durante o dia todo e ninguém precisa de senha. Pagou o que a empresa quer, leva. Ora, por que o serviço de distribuição de carteirinhas não se faz também nesse mesmo local, todos os dias da semana, entre 8 e 18 h?

Vou mandar o texto que estou publicando no facebook para cada um dos vereadores eleitos, inclusive para aquele que, mais do que apadrinhado, historicamente é pau mandado da Abc, o vereador Jeferson Campos, agora integrante da bancada da vergonha.

Espero que pelo menos um deles tenha a dignidade de cobrar a empresa sobre o fato. Também vou fazer contato com alguns órgãos de imprensa da cidade, quem sabe haja sobra de uns trinta segundinhos para criticas a uma empresa que investe pesado nos meios de comunicação, mas vive deixando a população na mão.

Enfim, vou encaminhar a denúncia aos organismos e sindicatos de aposentados da cidade. Talvez eles percebam que aqueles que já passaram dos sessenta também fazem outra coisa a não ser jogar dama, dominó e baralho nas pracinhas da cidade ou na própria sede das entidades que dizem representá-los.

De qualquer maneira, fica a constatação: a empresa monopolizadora do transporte coletivo na cidade está, em defesa de seus próprios interesses, mais uma vez ludibriando o cidadão.

ESTA E OUTRAS INFORMAÇÕES VOCÊ ENCONTRA EM NOSSA FÃ PAGE.