Páginas

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

POLLYANA TROCA DISCURSO POR
AÇÃO NO CASO DAS ENCHENTES

A vereadora Pollyana Gama cobrou agilidade do secretário de Obras João Bibiano na solução dos problemas causados pelas enchentes e a deterioração das galerias de águas pluviais de Taubaté, herança deixada por Bernardo Ortiz, o mestre as obras meia boca, para seu filho, futuro ex-prefeito Ortiz Júnior.

A cobrança da vereadora foi pessoal. Nada de ofícios ou discursos inócuos na Câmara. O encontro foi na manhã de segunda-feira (4). Pollyana quer saber que providências serão tomadas para solucionar problemas como o ocorrido a semana passada no Três Marias, com a interdição de casas ameaçadas por conta de uma cratera que se abriu 3em uma das ruas do bairro.

Pollyana e João Bibiano: a busca por soluções duradouras
Durante a reunião, a parlamentar expôs problemas semelhantes detectados no Sítio Santo Antônio l, além da parte canalizada que sofre com a erosão (muro de arrimo do córrego local) e apresenta indícios de afundamento.

No Jaboticabeiras algumas casas apresentam rachaduras, alertou a vereadora. Uma empresa chegou a ser contatada para elaborar um estudo sobre o problema. O laudo não foi entregue por falta e pagamento. Isto é, Peixoto não pagou a conta.

Fica a pergunta:

Corremos algum risco com desabamento durante o Carnaval, quando a Avenida Professor Walther Thaumaturgo deverá receber milhares de foliões.

Como se sabe, a “obra” feita por Bernardo Ortiz já teve problema em frente à Câmara Municipal, outra obra de engenharia de péssima qualidade feita pelo professor.

Para assistir o vídeo com a herança subterrânea deixada por Bernardo Ortiz, um verdadeiro campo minado, veja o final da postagem anterior.