Páginas

terça-feira, 5 de março de 2013

1 A 0 PARA TAUBATÉ: ALCKMIN
DÁ UM PÉ NA BUNDA DE ORTIZ

A informação postada neste blog na manhã de terça-feira (5), às 11h13, foi confirmada à tarde: o governador Geraldo Alckmin (PSDB) demitiu o presidente da FDE, José Bernardo Ortiz, que cumpria suspensão do cargo por determinação judicial.

A demissão do caudilho taubateano confirma as denúncias formuladas pelo empresário Djalma Santos divulgadas em primeira mão neste blog, que sempre acreditou na veracidade da documentação apresentada.

O juiz Randolfo Ferraz de Campos, da 14ª Vara da Fazenda Pública da Capital, após o recebimento da denúncia da 4ª Promotoria do Patrimônio Público e Social da Capital  instaurou o processo 0045527-93-2012.8.26.0053, determinou o bloqueio dos bens de Bernardo Ortiz e de seu filho Ortiz Júnior e a suspensão, por 240 dias, do presidente da FDE.

A robustez das provas juntadas pelo empresário Djalma Santos às suas denúncias está sendo comprovadas pela Justiça. O governador Geraldo Alckmin, que usou todo o seu peso político para apoiar Ortiz Júnior na campanha pela Prefeitura de Taubaté, assinou a portaria de demissão de Ortiz na tarde desta terça-feira (5).

O empresário Djalma Santos deve ser ouvido no próximo dia 26 pela Justiça Pública de Taubaté no processo que move contra um jornal local e um cidadão que se manifestou pelas redes sociais publicando material que considerou “ofensivos e inverídicos” contra ele, no auge da campanha eleitoral.

A demissão de Bernardo Ortiz da presidência da FDE fragiliza ainda mais seu filho, Ortiz Júnior, futuro ex-prefeito de Taubaté, arrolado no mesmo processo por improbidade administrativa e igualmente com os bens bloqueados pela Justiça Pública.

Não desopilarei meu fígado após a confirmação da notícia da demissão de Ortiz. As provas apresentadas por Djalma Santos são verdadeiras e o desfecho não poderia ser outro: pé na bunda do caudilho taubateano.

Gostaria muito de ter acesso ao grupo Taubaté de Peixoto, do qual fui excluído, para saber a opinião dos transparentes, que criticavam minhas postagens sobre as denúncias de Djalma Santos.

A Madame Min, o Verruga, a Maga Patalójika e alguns calhordas que frequentam o grupo Taubaté de Peixoto estão com a palavra.

O governador Geraldo Alckmin, que avalizou a candidatura Ortiz Júnior, gravando participações especiais no horário eleitoral gratuito do filhote de tucano, sai com a imagem chamuscada do episódio.

ESTA E OUTRAS INFORMAÇÕES VOCÊ ENCONTRA EM NOSSA FÃ PAGE.