Páginas

terça-feira, 5 de março de 2013

ORTIZ DEVE SER EXONERADO
DA FDE NESTA QUARTA-FEIRA

Bernardo Ortiz está se despedindo da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação) após cumprir a suspensão que lhe foi imposta pela Justiça em outubro do ano passado. O caudilho taubateano está sendo processado por improbidade administrativa pela 14ª Vara da Fazenda Pública da Capital.

Uma sala do prédio que abriga a Secretaria da Educação do Estado, na Praça da República, na Capital, está sendo preparada pelos funcionários d FDE para receber o novo presidente do órgão Barjas Negri, homem ligado a José Serra, a quem substituiu no Ministério da Saúde.

Estão nas mãos do governador Geraldo Alckmin as portarias de exoneração de Ortiz e de nomeação de Barjas Negri para ocupar a presidência do órgão ligado à Secretaria da Educação de São Paulo, presidido interinamente pelo secretário da Educação Herman Jacobus Cornelis Voorwald desde a suspensão de Bernardo Ortiz.

O velho caudilho taubateano deve ser exonerado da presidência da FDE dois anos após ter assumido o cargo, em 11 de janeiro de 2011, nomeado pelo governador Geraldo Alckmin, que chegou a suspender a assinatura de um decreto segundo o qual todos os cargos de confiança do Estado seriam preenchidos só por ficha limpa, o que não é o caso do Goebbels desta urbe quase quatrocentona.

Criada em 23 de junho de1987 pelo governador Orestes Quércia (PMDB), a “Fundação para o Desenvolvimento da Educação é responsável por viabilizar a execução das políticas educacionais definidas pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, implantando e gerindo programas, projetos e ações destinadas a garantir o bom funcionamento, o crescimento e o aprimoramento da rede pública estadual de ensino.”

No sítio da FDE você encontra as principais atribuições do órgão: “construir escolas; reformar, adequar e manter os prédios, salas de aula e outras instalações; oferecer materiais e equipamentos necessários à Educação; gerenciar os sistemas de avaliação de rendimento escolar; e viabilizar meios e estruturas para a capacitação de dirigentes, professores e outros agentes educacionais e administrativos, visando sempre a melhor qualidade do ensino e a aplicação apropriada das políticas educativas definidas pelo Estado.

ESTA E OUTRAS INFORMAÇÕES VOCÊ ENCONTRA EM NOSSA FÃ PAGE.