Páginas

sexta-feira, 10 de maio de 2013

MARACANÃ JÁ É DO
"MAIOR MELHOR DO MUNDO"

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

O Consórcio Maracanã S/A, composto por Odebrecht, IMX e AEG – leia-se Eike Batista; vai administrar o Maracanã pelos próximos 35 anos. O outro concorrente nem quis apresentar recurso. Viu que seria perda de tempo.

Comemorando, o secretário da Casa Civil Regis Fichner disse que o resultado “não poderia ser melhor”. Temos certeza disso... E frisou que até a Copa do Mundo não haverá nenhum canteiro de obra na região do estádio, explicando que a AEG cuida de 80 estádios no mundo todo, e a IMX é especialista em grandes eventos.

Além de todas as vantagens, o consórcio tem dois anos de carência, ou seja, além de ganhar uma obra trilhonária ainda terá 730 dias até iniciar o primeiro pagamento ao estado do Rio de Janeiro.

Ainda na última terça-feira o Maracanã recebeu aditivos de 200 milhões de reais, tornando-se o mais caro dos estádios para a disputa da Copa das Confederações, marcada para julho próximo.

Outro benefício são mais 110 milhões de reais só para obras no entorno, liberados pela prefeitura desde 8 de setembro de 2010.

O custo final de toda essa brincadeira já anda em torno de um bilhão e 240 milhões de reais.

Para todo mundo refletir é a informação extraoficial do mensaleiro Marcos Valério, estimando em mais de 350 milhões de reais o desvio de recursos.

Este é o novo Maracanã, dado de mão beijada neste Brasil que sangra há mais de 500 anos e mesmo assim não morre!

Falei e disse!