Páginas

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

CASSADO PELA JE, ORTIZ JUNIOR
SERÁ DENUNCIADO HOJE NO MP DE
TAUBATÉ POR POSSÍVEIS FRAUDES

O advogado Eduardo Bello, o mesmo que denunciou o cartel em formação na FDE para a venda de R$ 40 milhões em mochilas escolares, que redundou na demissão do velho caudilho taubateano da presidência do órgão, está de volta, com novas denúncias.

Na tarde desta quinta-feira (22), o advogado paulistano deverá entregar à Promotoria do Patrimônio Público de Taubaté, às 16 horas, documentos que comprovariam as estreitas relações do prefeito cassado Ortiz Júnior (PSDB) com o empresário Djalma Santos.

O curto governo do prefeito cassado estaria coalhado de licitações fraudulentas. Ao oferecer os novos documentos ao Ministério Público, o advogado Eduardo Bello abre a possibilidade de Ortiz Júnior responder pelo crime de improbidade administrativa também em Taubaté.

Em São Paulo, o prefeito cassado responde por improbidade administrativa em companhia de seu pai José Bernardo Ortiz e várias empresas, na 14ª Vara da Fazenda Pública, por formação de cartel.

Indiretamente, o empresário Djalma Santos poderá provar que conhece Ortiz Júnior a muitos anos, de quem foi amigo até a queixa de possível formação de cartel na FDE, em fevereiro de 2012.

Acompanhamos o périplo de Bernardo Ortiz na FDE para esconder uma possível participação de seu filho, o agora prefeito cassado Ortiz Junior, na condução da formação do cartel de empresas para o fornecimento de mochilas para a FDE.

O empresário Djalma Santos poderá confirmar facilmente que mantinha relações de amizade com Ortiz Júnior pelo menos um ano antes da eleição municipal de 2012 como pode ser comprovado aqui, no encontro mantido pelo político e o empresário no Restaurante Frango Assado de Taubaté, em 21/10/11.

Leia aqui o “post” de 12/05/12 sobre a denúncia do advogado Eduardo Bello ao então presidente da FDE, Bernardo Ortiz, a respeito do cartel.

Em 16/05/12 publicamos que a liderança do PT na Alesp ofereceu denúncia ao Ministério Público envolvendo diretamente Ortiz Junior  e seu pai, Bernardo Ortiz. O “post” pode ser acessado por aqui.

Em outra postagem, esta de 21/06/12, que pode ser lida aqui, informávamos que Bernardo Ortiz ignorou  as denúncias recebidas do advogado Eduardo Bello.

O prefeito cassado terá mais dor de cabeça e muitas noites de insônia pela frente. Por trás da cara de santo de Ortiz Júnior, existe um monstro que o Brasil passou a conhecer nos últimos dias.