Páginas

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

DONADONI REPRESENTA
O PCC NO PARLAMENTO

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Continua repercutindo a absolvição do deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO) durante votação secreta na Câmara dos Deputados. Ele continuará com mandato, mesmo tendo sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a mais de 13 anos de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha e desvio de 8 milhões e meio de reais da Assembleia Legislativa de Rondônia.

A situação é inédita na história do país.

Após ouvir o resultado, Donadon ajoelhou-se, levantou as mãos para o céu e blasfemou, agradecendo a Deus. Em seguida, voltou para o Complexo Penitenciário da Papuda.

O Congresso Nacional está podre. Desmoralizado. A cada instante mostra suas entranhas corporativistas, sempre escudado pelo segredo torpe de suas sessões, tentando esconder a verdadeira face de seus membros do julgamento da opinião pública, agora mobilizada para novos atos de repúdio no 7 de setembro. Tomara que sem vandalismo.

Onde se pode conceber que um deputado condenado e privado de sua liberdade por 13 anos, possa permanecer com mandato?

Difícil explicar isso ao Fernandinho Beira Mar e ao Marcola. Mas agora o crime organizado pode dizer que tem um legítimo representante no parlamento, com assento entre as grades: Donadon...

Brasil, meu Brasil brasileiro!!!

Falei e disse!