Páginas

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

ORAI E VIGIAI

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

A Cidadania precisa estar atenta. Por maioria, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral não referendaram a decisão da presidente. Entendem que antes de anular o convenio com a SERASA EXPERIEN devem ouvir a empresa privada que quer acesso aos dados confidenciais do eleitor.

Fica difícil qualquer explicação depois da ministra Carmem Lucia afirmar textualmente que o convenio “conduz à intranquilidade dos eleitores quanto aos dados por eles entregues à guarda e utilização legal da Justiça Eleitoral, que não é senhora das informações nem de seu acesso”.

Aliás, o Ministro Marco Aurélio também externou a mesma opinião...

Drumond, Drumond... E Agora, José? Diria o Divino Mestre: Orai e vigiai!