Páginas

terça-feira, 24 de setembro de 2013

MARTIN CÉSAR FOGE DA CÂMARA
PARA NÃO SE EXPLICAR À GLOBO

A informação abaixo acabou de chegar. Nela você ficará sabendo como o vereador Martin César fugiu espetacularmente da sessão de câmara de segunda-feira para não explicar à equipe de reportagem da TV Globo (Vanguarda) porque usa veículo oficial para fins particulares.

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Imagens nas redes sociais confirmam que a sessão da Cãmara Municipal de Pindamonhangaba desta segunda-feira foi uma pândega. Tudo porque, alegando que ofereceria ao vereador Martin César uma alternativa para não fazer mais uso do carro oficial para fins particulares, o apresentador da TV Vanguarda Jonas Almeida chegou à sede do Legislativo numa carroça.

Martin César tem estado no foco da Globo/Vanguarda desde que o Fantástico o flagrou usando o veículo da Câmara para fins particulares. Ontem, por asar do edil, o Presidente da Casa teve de deixar o plenário. Ricardo Piorino estava atacado por violenta cólica. Martin César, como vice, teve de assumir o comando visivelmente desconsertado com a filmagem integral dos trabalhos pela equipe de televisão.

Ao final, Martin César correu para o estacionamento, mas lá estava outra equipe da TV Globo/Vanguarda para entrevista-lo, e, ele então voltou, atravessando o plenário as pressas em busca de uma carona do Vereador Cal que já o aguardava à entrada principal da Câmara para facilitar que escapasse ao assédio dos jornalistas e de manifestantes que, àquela altura torciam para que ele fosse apanhado.

O desespero de Martin César não terminou ai. Outra equipe da Globo/Vanguardava já o aguardava à porta da residência fazendo com que Cal desse meia volta e levasse Martin César para dormir em local incerto e não sabido.

O carro de Martin César dormiu no estacionamento da Câmara Municipal de Pindamonhangaba, onde é esperada nova manifestação para hoje, uma vez que o vereador está convocado a prestar esclarecimentos sobre o uso particular do veículo oficial, depois do interrogatório dos motoristas, um deles chamado Hailton, o qual teria afirmado que o vice presidente da Câmara de Pinda é useiro e vezeiro em utilizar a viatura.