Páginas

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

ORTIZ PAI É PROIBIDO DE
FREQUENTAR PREFEITURA

Ortiz Filho não teve saída. Atendendo recomendação do Ministério Público, o prefeito embusteiro divulgou a ordem interna nº 112, pela qual avisa os servidores municipais que “não está autorizada a interferência em qualquer atividade pública” de seu pai, o ex-prefeito José Bernardo Ortiz.

A figura fantasmagórica do Velho Ortiz circulando pelos corredores do Palácio Bom Conselho apavorava todos os funcionários, de todas as sessões, mesmo aqueles, digamos, mais fiéis. Sempre de veneta, Ortiz Pai era, e continua sendo, um problema para Ortiz Filho, que jamais conseguirá romper o cordão umbilical que os une.

Aqui, a ordem nº 112, de 13 de setembro, que só agora vazou para a imprensa.