Páginas

terça-feira, 5 de novembro de 2013

JUSTIÇA EM DOIS TEMPOS

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Supremo Tribunal Federal retoma o julgamento do mensalão nos próximos dias 13 e 14, apreciando, e, provavelmente negando a segunda série de ‘embargos de declaração’ apresentados por 10 dos 25 condenados.

Se depois da análise desses recursos o STF considerar que os réus ingressaram com os novos embargos com intenção meramente protelatória, as prisões poderão ser imediatamente decretadas. Dos 10 condenados em questão, seis vão cumprir suas penas em regime semiaberto.

Em São Paulo, a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região  manteve as condenações do ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, do ex-senador Luiz Estêvão e de outros réus, entre pessoas físicas e jurídicas, em duas ações civis públicas por improbidade administrativa, durante a construção do Forum Trabalhista da capital bandeirante. Desvios que, à época, somaram quase 170 milhões de reais; hoje, mais de 1 bilhão de reais. Mas, a decisão, ainda determina que os réus paguem pelos danos materiais causados pelo esquema.

Não  vejo a hora desse dinheiro voltar aos cofres da união. E torço para que não patrocine novos mensalões.

Falei e disse!