Páginas

terça-feira, 12 de novembro de 2013

PEIXOTO PRONTO PARA "PREFEITAR"

Na eventualidade de o TRE manter a cassação do prefeito Ortiz Junior (PSDB), o vereador Carlos Peixoto (PMDB), que deve ser eleito o próximo presidente da Câmara Municipal de Taubaté, assume a Prefeitura para um mandato-tampão até a realização de novas eleições nesta urbe quase quatrocentona.

O G-15, grupo de 15 vereadores que apoiam a candidatura de Peixoto já participaram de dois almoços na chácara do vereador José Antonio de Angelis - Bilili (PSDB ), um dos principais articuladores da candidatura do peemedebista.

No primeiro deles, o vereador Rodrigo Luís Silva – Digão preparou uma bacalhoada para os convivas. No segundo encontro, a vez de mostrar as habilidades culinárias foi do próprio Carlos Peixoto. O vereador preparou para os colegas-eleitores frango com milho verde.

Peixoto pode "virar" prefeito o ano que vem
Culinária à parte, o prato principal dos almoços foi a proximidade da eleição da próxima mesa diretora da Câmara Municipal de Taubaté. Os 15 vereadores “fechados” com Carlos Peixoto resistem ao assédio do prefeito-cassado, uma vez que pelo menos 11 deles formam a base aliada na Câmara.

O catão da Vila São Geraldo, que necessita do apoio do Palácio do Bom Conselho mais que diabético de insulina (como eu), não alcançará seu objetivo. Joffre Neto consegue irritar antigos aliados, que hoje o abominam, e a maioria de seus colegas de legislativo.

Além de seu próprio voto, o vereador desnecessário deverá contar com o apoio da atual presidente da Câmara, vereadora Graça (PSB), Gorete (DEM) e João Vidal (PSB), sempre de prontidão para carregar a cruz com o prefeito cassado Ortiz Junior.

Aguardemos, pois, a derrota anunciada do catão da Vila São Geraldo.