Páginas

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

TEMPEROS QUE SÃO REMÉDIOS

Camões Filho, jornalista e pedagogo

Veja só que coisa boa: você temperar a gosto seus pratos e ainda ficar mais saudável! Isso mesmo, alguns temperos, como pimenta, alho, canela, salsa, cebolinha, têm poder terapêutico. Óbvio que eles não substituem os remédios, mas ajudam e muito a mantê-lo mais saudável.

Isso mesmo, além de realçar o sabor dos alimentos alguns temperos têm ainda a função de possuir propriedades terapêuticas.

É claro que estes temperos não substituem remédios e nem tão pouco a atenção médica, mas os temperos têm suas propriedades.

Confira alguns deles:

Alecrim: É um bom ajudante no controle da pressão alta. Seu óleo é eficaz para dores musculares e seu chá alivia dores de cabeça;

Alho: Regula o colesterol, diminui a pressão e os riscos de ataque cardíaco;

Canela: Ativa o cérebro, melhora a memória e diminui a glicose no sangue;

Cebolinha: Tem propriedades de baixar a pressão sanguínea;

Coentro: Tem propriedade de aliviar problemas digestivos;

Cury: Protege o corpo do Alzheimer e ajuda a emagrecer;

Erva doce: Tem efeito calmante, diurético, antiasmático e digestivo. Se tomado na fase da amamentação pode estimular o aumento da produção de leite;

Hortelã: Auxilia na digestão e acalma; além disso, suas folhas quando mascadas aliviam e refrescam o hálito;

Louro: Tem propriedade de aliviar os gases digestivos;

Manjericão: É diurético, digestivo, fortificante e antigripal.

Orégano: Suas folhas são digestivas e descongestionantes;

Salsa: são ricas e boas fontes de Vitamina C. Além disto, possui grande quantidade de bioflavonóides, substâncias anticancerígenas e diuréticas;

Sálvia: Seu chá é usado como digestivo e como líquido para bochechos e gargarejos, agindo contra gengivites, aftas e inflamações na garganta;

Pimenta vermelha: Antioxidante, acelera o metabolismo, queima a gordura e protege contra infecções e doenças cardíacas;

Raiz Forte: Blinda o estômago contra a úlcera e o câncer;

Tomilho: É uma das ervas favoritas na culinária italiana. Seu chá é bom para aliviar distúrbios intestinais e em gargarejos contra inflamações da garganta, bem como em xaropes para tratamentos de tosses e congestões respiratórias.

Bom apetite. E boa saúde!