Páginas

sábado, 18 de janeiro de 2014

MUITO DISPUTADOS OS ESPÓLIOS
DA GAMA FILHO E DA UNIVERCIDADE

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Universidades de várias partes do Brasil estão oferecendo vagas para estudantes da faculdades descredenciadas pelo MEC.

Me pareceu imprudente o procedimento do Ministério da Educação, descredenciando a Gama Filho e a Univercidade, com “C”, sem estabelecer previamente o acerto das transferências dos alunos ou quem iria herdar o passivo.

Na ponta final, quem pagou o pato foram os estudantes, muitos dos quais em fase de conclusão de cursos, tendo de voltar no tempo para cumprir créditos, diante da falta de um padrão interescolar de currículos.

Não vai ser difícil fatiar o espólio da Gama Filho e da Univercidade. Difícil mesmo é a situação dos alunos de medicina, que ficarão órfãos num inventário negativo, sem lenço e sem documento.

Aqui no Vale, por exemplo,  a Universidade de Taubaté abre o jogo e diz que está aberta, nesta temporada de caça aos que querem se transferir. Mas antecipa que  não abre a porteira aos estudantes da área médica.

E haja médicos cubanos para um Brasil que deixará de formar milhares de médicos com o presente impasse.

Falei e disse!