Páginas

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

PROCESSO DE CASSAÇÃO DE
ORTIZ JUNIOR DÁ MAIS UM PASSO

A AIJE 58738.2012.626.0141, pela qual Ortiz Junior foi cassado pela Justiça Eleitoral de Taubaté, deu mais um passo. No final da tarde desta terça-feira (07/01), a documentação foi encaminhada ao gabinete da secretaria judiaria do TRE. Em outras palavras, só falta a marcar a data do julgamento do recurso tucano.

A título de recordação, vale lembrar que o pedido de cassação do registro da candidatura de Ortiz Junior, por abuso de poder político e econômico, foi ajuizado pelo MP 10 minutos após o fechamento das urnas em 28 de outubro de 2012.

Somente no dia 19 de agosto ao ano passado a Justiça Eleitoral de Taubaté confirmou a cassação de Ortiz Junior (PSDB) e de seu vice, Edson Aparecido de Oliveira (PTB), após intensa batalha nos bastidores da justiça eleitoral aqui, em São Paulo e, finalmente, em Brasília.

No último dia de atividade do TRE paulista em 2012, a PRE emitiu parecer em que acata o recurso do MPE taubateano, de incluir o ex-prefeito José Bernardo Ortiz no polo passivo da ação que cassa o mandato de seu filho.

Nesta terça-feira, no segundo dia útil de atividade da corte eleitoral paulista, o processo contra Ortiz Junoior deu mais um passo. Na prática, só falta marcar a data para o julgamento do recurso tucano.

Veja os detalhes abaixo.