Páginas

sexta-feira, 14 de março de 2014

MOBILIDADE URBANA EM DEBATE
ESTA NOITE NA CÂMARA MUNICIPAL

Muito se tem ouvido falar sobre mobilidade urbana no país nos últimos anos, em virtude da Copa do Mundo, principalmente no entorno dos estádios em construção.

As grandes cidades possuem anéis viários, uma válvula de escape para evitar os congestionamentos de trânsito dado o alto volume de veículos que transitam por nossas ruas e avenidas, principalmente nos últimos dez anos, quando o acesso ao automóvel ficou facilitado por conta de uma política inclusiva do governo federal.

Nossas ruas ficaram “pequenas” para suportar o tráfego intenso de veículos.

Taubaté, especialmente, sofre demasiadamente com a falta de mobilidade urbana. Não temos avenidas largas, não temos anel viário. Moramos em uma cidade histórica, que pouco se preocupou com a possibilidade de termos, como hoje, um trânsito “infernal” por toda a cidade.

O efeito positivo da economia tem o seu reverso no caos que é o trânsito taubateano. Evidente que não é culpa da economia se hoje todos tem a possibilidade de dirigir seu próprio veículo, contribuindo para aumenar o tráfego de veículos pela cidade e congestionar suas ruas.

Por tudo isso, é importante o debate que se fará esta noite na Câmara Municipal sobre mobilidade urbana com as presenças de Salvador Khuriyeh, diretor da SPTrans, na Capital, e do engenheiro Pedro Soethe.

Nos próximos anos ouviremos muito sobre mobilidade urbana em Taubaté. Você está convidado e deve levar pelo menos um amigo ao debate esta noite, às 19h30, na Câmara Municipal.