Páginas

terça-feira, 11 de março de 2014

PAULO SKAF ESTÁ PROIBIDO DE
FAZER PROPAGANDA ANTECIPADA

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Finalmente a Justiça Eleitoral de São Paulo proibiu as aparições de Paulo Skaf nas propagandas da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

Trata-se de liminar do juiz Luiz Guilherme da Costa Wagner acatando representação da Procuradoria Regional Eleitoral que acusa Skaf de promover sua imagem como pré-candidato ao governo estadual. O mérito ainda será julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

A Procuradoria acusa o pré-candidato de aparecer por mais de 25 horas na propagandas televisivas no primeiro semestre de 2013, "com o intuito de disseminar a imagem de bom administrador e conhecedor dos problemas que afligem a população de São Paulo".

Curioso é que o SESI, o SENAI e a FIESP nunca fizeram tanta propaganda, tratando-se ao menos de estranha coincidência. A assessoria da Fiesp vai aguardar o julgamento do mérito da representação para se manifestar.