Páginas

domingo, 23 de março de 2014

POR QUE NÃO ACREDITO EM DEUS

Com certeza serei criticado por minha descrença em Deus. Mas não consigo, por mais que eu queira, acreditar na existência de um ser superior incansavelmente pregado pelo clero há mais de mil anos.

Fico incomodado quando ouço bispos, padres, pastores usarem seu nome para nos amedrontar, nos acuar. O Deus dos clérigos definitivamente não é o meu Deus.

O meu Deus não ameaça.

O meu Deus acolhe os mais frágeis.

O meu Deus não indica o melhor candidato.

O meu Deus não distingue capitalistas de comunistas.

O meu Deus não distingue brancos ou negros.

O meu Deus não separa ricos de pobres.

O meu Deus não indica clérigos para resolver problemas espirituais.

Não creio no Deus que arma irmãos para guerrear.

Não creio no Deus de padres e pastores para ungir políticos.

Não creio no Deus brasileiro esquecido dos países miseráveis.

Não creio no Deus que não ilumina o coração de quem combate os programas sociais.

Neste Deus eu não acredito.

Com este Deus eu não comungo.

Você já pensou quem é o seu Deus?