Páginas

terça-feira, 22 de abril de 2014

A VERGONHA DO LEITE BATIZADO

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

A empresa LBR, fabricante dos leites Parmalat e Líder, está convocando recall para devolver o dinheiro de quem comprou alguma das 300 mil caixas de produtos de lotes em que a fiscalização encontrou concentração de formol, usado para mascarar a diluição com água.

Tipo da situação em que o simples recall não basta, em meu modesto ponto de vista. Não é a primeira vez em que produtores de leite longa vida são apanhados fraudando a composição do produto.

E mais, o formol é cancerígeno...

E quem já bebeu o leite dessas marcas, produzido entre 13 e 14 de fevereiro? Como fica?

Pior! A LBR só está fazendo o recall porque perdeu o recurso judicial que postergava o recolhimento do produto até a análise final. Extrema irresponsabilidade que deveria merecer punição exemplar do governo, não a simplória imposição do recall.

Atenção consumidores: 100 mil litros do leite Parmalat dos lotes condenados foram vendidos em Guaratinguetá, aqui no Vale do Paraíba. 200 mil, da marca líder, foram vendidos em Lobato, no Paraná.

E dizer que muitas crianças podem ter bebido esse lixo, fruto da ganância.

Falei e disse!