Páginas

terça-feira, 1 de abril de 2014

ORTIZ JR LEVA SERVIDORES
AO DESESPERO. ACORDA, TRE!

Vivendo dias de pânico com a possibilidade de sua cassação em Taubaté ser confirmada nos próximos dias pelo TRE, o (ex?) prefeito Ortiz Junior investe pesado em publicidade e faz obras de visibilidade, maquiagem que não resolve o problema do tráfego em Taubaté.

À custa do enxugamento do salário do servidor público, que passou 2013 sem reajuste e viu o abono de R$ 500,00, que receberia, em duas parcelas, voar bem alto, longe de seu alcance, graças à desastrada intervenção de cidadãos comuns, que miraram 200 funcionários da Câmara Municipal com uma bomba atômica e acabaram por prejudicar mais de 3 mil servidores, que passaram o Natal sem panetone.

Ortiz Junior economizou perto de R$ 2 milhões. Diz o (ex?) prefeito que a economia teria chegado a R$ 150 milhões.

Claro! Sem reajuste salarial e sem pagamento de abono, além de reduzir o salário de centenas de servidores, Ortiz Junior não economizou. Ele  deixou e investir no maior patrimônio municipal, que são os servidores públicos.

Com a “economia”, o tucano pôde investir fartamente em publicidade, para propagar um governo que só existe no papel e na cabeça dos sabujos de sempre.

As reclamações dos funcionários aumentam a cada dia. Leiam esta, que copiei da matéria anterior.

“Diversos servidores tiveram seus salários cortados pela metade, alguns casos em até 2/3, e os servidores que fizeram campanha tiveram promoções no início do mandato. Como faremos para pagar nossas contas, manter nossos filhos na escola, continuar pagando o aluguel, alguns assumiram dividas maiores como aquisição de imóveis, são mais de 1000 servidores na mesma situação, alguns já estavam a mais de 10 anos no cargo e reduziram os salários, ministério público?

A cidade aguarda com ansiedade a decisão da justiça eleitoral. Afinal, Ortiz Junior será defenestrado ou continuará prefeitando? Acorda TRE!