Páginas

segunda-feira, 19 de maio de 2014

CEI DA DENGUE EM TAUBATÉ
DEVE MOSTRAR DESCALABRO

Como já ficou demonstrado pela vereadora Pollyana Gama (PPS), o prefeito Ortiz Junior (PSDB) não emprega a totalidade da verba da saúde que recebe do governo federal.

A defasagem foi levada ao conhecimento do Ministério Público Federal. Pollyana requer do Ministério Público Federal uma investigação sobre o desinvestimento em vigilância sanitária em Taubaté.

Em números, a parlamentar demonstra o descaso com que a saúde pública vem sendo tratada pela administração (?!) Ortiz Junior.

Segundo levantamento do gabinete da parlamentar, Taubaté registrou apenas 62 casos em 2012 (último ano do governo Peixoto). 549 no primeiro ano do atual prefeito (?!), em 2013, e quase 4 mil casos este ano, até agora.

Isto só em dados oficiais.

As notícias são alarmantes!

Quantos casos não entram nas estatísticas, pois os pacientes não são devidamente atendidos no Pronto Socorro Municipal?

Há notícias de bairros em que famílias inteiras foram afetadas pela doença. O que a Prefeitura fez? Mandou contratar 24 agentes de vigilância sanitárias tardiamente.

Veja aqui o requerimento que a vereadora Pollyana Gama protocolou no Ministério Público Federal para entender o descalabro causado pela Prefeitura com a saúde pública municipal.