Páginas

quarta-feira, 11 de junho de 2014

ESTA COPA O BRASIL JÁ GANHOU!

Não me refiro à conquista da Copa do Mundo, um sonho partilhado por brasileiros, argentinos, alemães, espanhóis, italianos, franceses, portugueses e torcedores de outras 25 nacionalidades que começam a tomar conta das ruas das capitais onde serão disputados os 64 jogos da Copa das Copas.

Estive nesta quarta-feira (11/06) na Capital paulista. No famoso edifício Banespa vi vários turistas, da Croácia e do Uruguai, principalmente, que vieram ao Brasil assistir a Copa do Mundo de Futebol.

A curiosidade era ver São Paulo de cima, a maior cidade da América do Sul. Após subir 26 andares em um elevador, mais 9 andares em outro e escalar mais três andares a pé, chega-se perto do topo. Para chegar à torre do edifício para contemplar a Capital é necessário escalar uma escada em caracol. Nada que um velho de bengala não possa fazer.

Ao constatar a empolgação dos turistas no centro financeiro de São Paulo, ao lado da Bovespa e da BM&F, resolvi conferir como ficou o Itaquerão, palco do jogo de abertura da Copa das Copas nesta quinta-feira (12/06). Antes, passei pela Sé, onde topei com torcedores da Bélgica e da Argentina.

Fui de Metrô. A entrada do estádio do Corinthians fica a menos de 800 metros da estação Itaquera. Centenas de torcedores brasileiros se misturavam aos croatas e mexicanos, que já estavam no local para festejar enquanto aguardavam a chegada de Neymar e Felipão para a entrevista coletiva que seria dada às 15h30.

No meio dos torcedores duas equipes de televisão: uma da Croácia (cujo nome não saberei reproduzir) e outra do México (TV Azteca Deportes). Minha tietagem foi registrada por meu filho (veja abaixo).

Claro que nesta quinta-feira (12/06) o Metrô receberá dez vezes mais passageiros do que hoje (véspera da abertura da Copa das Copas).

Encontrei uma estação que certamente facilitará a chegada dos torcedores que optarem pelo Metrô para assistirem ao jogo inaugural e a abertura da Copa das Copas propriamente dita. Haverá também uma linha especial de trens da CPTM para servir os torcedores.

No entorno do Itaquerão observei a belíssima avenida, com um túnel, entregue à população recentemente. Uma obra perene, de grande impacto para o fluxo de trânsito no local (proximidades da avenida Jacu Pêssego) na Zona Leste de São Paulo.

O legado da Copa das Copas não serão apenas as obras no entorno dos estádios.

Vai muito além disso: há o investimento que ficará invisível como os túneis e redes de águas pluviais e de esgoto e construções gigantescas como uma espécie de shopping que está sendo construído ao lado do Itaquerão.

Não vi nenhum sinal de protesto. Ao contrário, o torcedores que foram na tarde desta quarta-feira na porta do estádio do Corinthians queriam apenas confraternizar.

Sem contar os milhares de turistas que estão chegando ao Brasil (cerca de 600 mil,segundo estimativa do Ministério do Turismo).

Esta Copa do Brasil já ganhou!

Confira as fotos:

No saguão do Edifício Banespa, com torcedores croatas
Na Praça da Sé, com um torcedor belga (1º à esquerda) e argentinos
Repórter da TV da Croácia, em frente ao Itaquerão, primeiro adversário do Brasil na Copa das Copas
Repórter da TV Azteca Deportes, do México, logo após gravar matéria com seus compatriotas, que aparecem atrás
Rafel Lima, em frente ao Itaquerão, palco de abertura da Copa das Copas nesta quinta-feira (12/06)
Torcedores, em clima de confraternização, aguardam a chegada  de Neymar e de Felipão para a coletiva das 15h30