Páginas

sexta-feira, 25 de julho de 2014

DIEGO ORTIZ DEFENDE PUNIÇÃO
PARA SEU IRMÃO ORTIZ JUNIOR


A primeira ação de marketing do candidato a deputado federal Diego Ortiz (PSC) é um primor de desfaçatez.

Para conquistar o eleitor, o aprendiz de caudilho defende punição, pasmem!, para seu pai Bernardo Ortiz e seu irmão Ortiz Junior (PSDB).

E possível pregar punição apenas para os outros ou pai e irmão estão incluídos?

A quem o menino Ortiz pensa que engana?

Falar em segurança a essa hora?

Fim da impunidade? De quem?

Podemos começar a tratar do assunto já na próxima terça-feira (29/07), quando o TRE poderá promover o fim da impunidade de seu irmão Ortiz Junior, confirmando a cassação do tucano e o afastando da cadeira de prefeito de Taubaté.

Os Ortizes são assim mesmo!

Há mais de 30 anos, capitaneados pelo velho Bernardo, a família Ortiz promove perseguição implacável a quem julga adversário político e se cerca de puxa-sacos dispostos a bajular o velho caudilho e a servir-lhes como dóceis súditos de um rei tirano.

Agora, às vésperas de ver o irmão cassado e inelegível por oito anos, me vem Diego Ortiz falar em mais segurança e fim da impunidade?

O rapazote esqueceu que seu pai, Bernardo Ortiz, foi defenestrado da FDE pelo governador amigo da família Geraldo Alckmin por suspeita de fraude em licitação e responde, até hoje, a processo na 14ª Vara da Fazenda Pública da Capital?

Diego Ortiz, como de resto sua família, pensa que o taubateano é um parvo, que acredita em tudo o que dizem ou apregoam?

Pensa o aprendiz de caudilho que esquecemos que seu “papai” foi condenado pela Justiça Pública a devolver mais de R$ 1,2 milhão para os cofres públicos de Taubaté por conta de uma licitação para compra de tubos mal explicada?

Será que Diego Ortiz imagina que o taubateano não está acompanhando com o maior interesse o julgamento de seu irmão pelo TRE, que poderá redundar na maior derrota política dos Ortizes nesta urbe quase quatrocentona?

Se Diego Ortiz prega o fim da impunidade, por acreditar na sinceridade do candidato a deputado federal, quero crer que ele defende também punição exemplar para seu irmão, Ortiz Junior.

Quá quá quá quá...